Gerente ou Líder?
Por Dill Casella
10/11/2006

Fala-se muito sobre a necessidade de desenvolvermos líderes, de apostarmos em pessoas com características de liderança, etc. Como diferenciar um gerente de um líder?

Preparando aula para a Pós, cujo tema era “Liderança e Comportamento Gerencial”, elaborei algumas provocações para o grupo. Primeiro, faça suas reflexões:

- Todo GERENTE é LÍDER?

- Todo LÍDER é GERENTE?

- Todo GERENTE tem cargo de liderança?

- Todo LÍDER tem cargo de gerência?

- Ter GERENTE é importante?

- Todo GERENTE é importante?

É inacreditável o universo de combinações diferentes para a percepção das reflexões anteriores...Lembrando dos cargos que ocupei em minha carreira corporativa, concluo que na maioria das vezes era líder e, mesmo quando estava me achando um grande líder, estava fazendo o papel de gerente. Interessante como os papéis se confundem...Interessante também como não há demérito em ocupar nenhum dos dois papéis!! O segredo é saber dosar e equilibrar intenções e intensidades!!

Quantas vezes tivemos (e temos) que fazer regras e andar por caminhos já existentes. Ter como princípio a estabilidade, a autoridade formal, o controle, evitar conflitos, minimizar riscos, agir mais com a cabeça que com o coração, procurando objetivos claros e resolver problemas. Em todos esses momentos, usamos COMPORTAMENTO E HABILIDADES GERENCIAIS.

Faça outra reflexão: quais as profissões e cargos que o leitor conhece que requerem em grande escala, ou quase totalmente tais características? Eu acho que, geralmente para ocupações de controle, em áreas técnicas e de produção. E você, o que acha? Mas, e o lado humano das relações interpessoais?

Segundo Katz, devemos mesclar habilidades conceituais, humanas e técnicas, de acordo com a posição assumida dentro de uma corporação. O que ele deixa claro é que a habilidade humana jamais deva ser “negociada” ou reduzida, ou melhor, deve ocorrer para supervisores de primeira linha, gerência intermediária e administração superior. E o que é essa tal de habilidade humana? É ter decorado o “manual de instruções de como lidar com o ser humano”?

Algumas palavras, expressões, e comportamentos, quando incorporados ao DNA do líder, certamente fazem a diferença!! Quer o mapa? Fique à vontade:

- assegurar compreensão;

- inspirar criatividade;

- antecipar os problemas;

- capacitar;

- inspirar coragem de correr riscos;

- apoiar;

- usar carisma pessoal;

- procurar visão;

- apelar ao coração;

- energizar com paixão;

- mostrar proatividade;

- trabalhar por gosto;

- quebrar regras;

- andar por novos caminhos;

- ter autocontrole e humildade;

- olhar além dos planos de operação e para fora.

Difícil? Já tentou? Incorpore ao seu DNA!! Conte-me a diferença depois!!!!

Dill Casella (www.dill.com.br) é Engenheiro Civil, pós graduado em Marketing, especialização em Desenvolvimento Gerencial e Empreendedorismo pela FDC e Practitioner pela SBPNL. Com mais de 15 anos em cargos de liderança de empresas de primeira linha, realiza palestras em vendas, atendimento ao cliente, liderança e motivação. Também é compositor, músico, escritor e ator amador.