Lançar um Produto Inteligente Leva Tempo (É tarefa para profissionais)
Por Wagner José dos Santos
12/04/2003

Uma pérola ou um diamante bem lapidado demoram anos para serem elaborados.

E cada uma destas jóias tem o seu modo próprio de mostrar o seu valor.

Na Itália existia um fabricante que levava cem anos para fabricar uma

única flauta.

Um violino stradvários exige anos para ser fabricado.

Os pedidos de uma Ferrari precisam ser solicitados com pelo menos

cinco anos de antecedência.

E note que este produto já tem sua formatação conhecida.

Não é preciso dizer o alto valor de imagem, conteúdo, marca

destes produtos e sua relação com o tempo de duração, valor

financeiro e satisfação para o cliente.

Tudo aquilo que é nobre e raro tem seu próprio tempo de maturação.

Agora imagine você lançar um produto no mercado.

Como fica a relação produto e tempo de elaboração?

E mais, se resolvemos lançar o chamado produto inteligente?

Produto inteligente é aquele que tem uma grande interatividade com

o cliente, posicionado estrategicamente, oferece serviços responsivos,

e que foca soluções impactantes.

Internet, avião, cartão eletrônico, homebank são alguns exemplos.

Se você tem certeza que seu novo produto é inteligente e irá produzir

um alto resultado de venda, satisfação do cliente e lucratividade, comprometa-se com este produto como se fosse uma perola ou um diamante.

Resumindo; mesmo ciente que estamos em um mercado de produtos

rápidos vale a pena despender o tempo necessário para o desenvolvimento

de um produto inteligente caso tenha a certeza que ele vai impactar o mercado de um modo muito significativo e com alto grau de permanência.

Corrige-se e aperfeiçoa-se apenas o ciclo de vida deste produto que

com certeza será longo e compensador.

Deste modo o investimento fica mais garantido.

A credibilidade do produto é superior.

Encontramos a verdadeira diferença.

Veja o caso da industria farmacêutica em constante pesquisa,

investindo bilhões de dólares anuais para descobrir um novo remédio

ou aperfeiçoar os já existentes.

Leva-se tempo e muito dinheiro para alcançar bons resultados.

Apesar dos seus preços proibitivos para a maior parte da população,

nota-se de um modo muito claro os resultados positivos alcançados.

As pesquisas e os testes são contínuos e não se teme voltar, redirecionar,

repensar o produto antes de um novo lançamento.

É um mercado que exige cuidados pois trabalha diretamente com a

vida humana.

Vacinas com múltiplas funções é um produto inteligente.

Mas ainda chegará o dia em que a informação “indicação” em uma bula de remédio ocupe o maior espaço.

Farmácias de manipulação estão no caminho do futuro dos remédios inteligentes pois produz produtos de acordo com as necessidades biológicas de cada cliente.

A internet é um produto inteligente que exigiu anos de pesquisa e de aperfeiçoamento, que ainda continua.Levou tempo.

Diferenciar um produto exige sangue, suor e lagrimas e tempo.

Se você quer lançar um produto inteligente no mercado, produto que faz a diferença, produto responsável, ético, com soluções rápidas e obter

uma resposta positiva, pense de um modo mais inteligente e depois entre neste mercado.

Tudo isto leva tempo.

Talvez você pergunte como vou saber o tempo de formatação necessário

para lançar um novo produto?

Não há resposta pronta.

Dependerá da sua vivencia profissional, da sua competência gerencial, do seu talento, das oportunidades do mercado, das informações e pesquisas realizadas.

Podemos concluir que quanto mais tempo se leva para formatar um produto

ou serviço com alto grau de benefício, maior será sua multiplicidade

de utilização, durabilidade, satisfação e rapidez no modo de uso.

Quanto menos tempo se leva para lançar um produto maior são as chances de uma rápida saturação ou fracasso.

Pois você produz produtos vulgares, cansativos e que logo são abandonados pelo mercado.

Fazendo o resumo do resumo, quanto mais tempo se perde na formatação de

um produto inteligente maior será a rapidez de resposta quando utilizado.

Uma Ferrari leva tempo para ser fabricada mas uma de suas respostas é velocidade com segurança.

Sempre haverá riscos no lançamento de um novo produto.

O risco é inerente ao espírito empreendedor que sabe focar bem as

estratégias do produto que proporcionará uma resposta positiva do mercado.

É por isto que lançar um produto inteligente é tarefa para profissionais.


Wagner José dos Santos - Consultor de Marketing - wjseventos@uol.com.br