Alinhamento da Empresa - A construção da marca
Por Carlos Alberto de Faria
01/07/2008

Trataremos desse aspecto intangível da própria empresa, sua alma: a definição do negócio, da maneira de se fazer esse negócio e da cultura que sustentará a feitura desse negócio.

A cultura diz respeito tanto a como as coisas são feitas como ao que é feito. Trata das relações interpessoais (empregado-empregado, empregado-cliente, empregado-acionista), relação com os clientes e relação com o mercado, relação com o acionista.

A forma usual - conhecida, mas pouco e mal aplicada - é estabelecer Missão, Visão e Valores ou Princípios. Toda empresa precisa informar, compartilhar, cobrar e medir a adesão de todos os empregados à sua Missão, aos seus Valores e à sua Visão.

Estes três itens básicos - Missão, Visão e Valores -, informados, compartilhados, cobrados e medidos, dão o início à formação de uma cultura que informa o que fazer, para onde estamos indo e sobre quais condições de comportamentos e atitudes vamos percorrer este caminho.

Todo papel desempenhado por um empregado, em qualquer nível, é difuso e ambíguo. Cada vez mais os empregados são qualificados e se espera que eles tomem decisões, mas quando surge a ambigüidade em um cenário difuso, a trinca MISSÃO, VISÃO e VALORES serve para dar a orientação necessária, é o parâmetro para a tomada de decisões, é o cunjunto que auxilia a dizer onde estamos e o que estamos fazendo hoje, o que estamos querendo nos transformar e sob quais condições de comportamentos e atitudes empreendemos esta nossa jornada diária rumo ao futuro!


MISSÃO: o que fazemos, nosso propósito em fornecer algo ao mercado.
VISÃO: o que queremos nos tornar no futuro.
VALORES: as atitudes e comportamentos que suportam tanto a missão como a visão.



A cultura de uma empresa é iniciada com o estabelecimento da trinca MISSÃO, VISÃO E VALORES, mas só estabelecer não basta, é necessário divulgá-la e compartilhá-la em todo o quadro de empregados e fazer com que os líderes sirvam, tanto de exemplos, como de fiscais na cobrança da implantação e alinhamento a esta trinca.

Um exemplo de MISSÃO, VISÃO E VALORES pode ser encontrado aqui., ou ainda leiam nosso Boletim Semanal intitulado:

"MISSÃO, VISÃO E VALORES: Por Que, O Que E Como".

Veja abaixo a Figura 1.



Figura 1 - O Alinhamento da Empresa -
Como se relacionam Missão, Visão, Valores, Eficácia,
Eficiência, Efetividade, Objetivos e Políticas, Metas e Metodologia.

Para uma melhor compreensão da Figura 1, apresentamos abaixo definições de eficiência e eficácia.


Figura 2 - Definição de Eficácia -
Como fazer "as coisas" certas

Dos conceitos contidos na Figura 1 e na Figura 2 podemos concluir que a Eficácia correlaciona-se fortemente com Missão, Objetivos, Metas e Comprometimento.

Todos estes aspectos dizem respeito à produção do que a empresa se propõe. Referem-se a quantidade e qualidade do que é produzido e vendido. Eficácia trata do que as pessoas e as máquinas produzem.


Figura 3 - Definição de Eficiência -
Como fazer certo "as coisas".

Dos conceitos contidos na Figura 1 e na Figura 3 podemos concluir que a Eficiência correlaciona-se fortemente com Valores, Políticas, Metodologias, Estilo e Visão.

Todos estes aspectos, que dizem respeito a pessoas, são ou comportamentais ou atitudinais. Eficiência trata de como as pessoas se comportam, se portam e se relacionam em todas as etapas, desde a produção (empregados) até o relacionamento com os clientes, acionistas e com o mercado (sociedade).


Carlos Alberto de Faria é sócio diretor da Merkatus - Fonte: Merkatus