Criação de novos produtos em Marketing
Por Rafael Mauricio Menshhein
23/06/2007


Criar novos produtos ou serviços para ofertar no mercado é parte das ações e decisões tomadas pelas organizações, o planejamento deve estar muito bem alinhado para todas as áreas e o conjunto de processos e operações dentro da organização devem funcionar perfeitamente.
Estudar o mercado é uma constante para atingir o sucesso, da mesma maneira com que se procuram oportunidades, também são solicitadas soluções práticas simples e que tragam mais valor para um processo, produto ou serviço.
Diariamente as organizações correm atrás de grandes idéias que possam salvar seus negócios, mas estas idéias milagrosas são fruto de muito trabalho, especialmente de pesquisas e estudos direcionados a encontrar melhorias a serem aplicadas, ainda assim existem gestores que “acham” uma solução de emergência, optando por apagar incêndios a cada dia, semana ou mês.
Sem um planejamento elaborado para atender a todas as áreas da organização, a chance de correr atrás da concorrência é grande, inúmeras oportunidades deixaram de ser vistas porque as informações não circulam dentro da organização ou sequer pesquisas são realizadas.
O que pode auxiliar uma organização a encontrar uma oportunidade é, em muitos casos, mais simples do que o imaginado, no simples fato da empresa parar para planejar e perguntar a si própria o que ela realmente conhece, como:

Qual é o negócio da organização;
Quem é o público-alvo;
Qual é o ciclo de vida do mercado;
O produto é desejado pelos consumidores;
Qual é o diferencial que a organização pode ofertar;
São necessários novos equipamentos;
Qual é o período de treinamento dos colaboradores;
Que fornecedores procurar;
Como será a logística;
A área de instalação da organização permite este tipo de produção;
Como fixar a marca na mente do consumidor;
Há espaço para mais um produto no mercado;
Qual é o investimento necessário;
Qual é o ciclo de vida deste produto.

Existem muitas questões a serem feitas, algumas específicas à própria organização e outras que demandam pesquisas e conhecimento, desta forma um planejamento bem elaborado permite associar cada evento com as áreas, envolvendo a organização como um todo, da forma como deve realmente ser.
É fácil descobrir que o desempenho de uma área está ligado diretamente com as demais, mas conseguir fazer com que cada colaborador, desde a direção até o pessoal da produção, entenda este conceito é parte de um exercício diário e que requer uma cultura organizacional comum a todos.
O sucesso das ações da organização é fruto do conhecimento aplicado em um foco comum, por isso é importante que todas as áreas tenham este foco como referência, evitando conflitos que desgastem o ambiente interno e evitem o sucesso de toda a organização.