Fale Conosco Política de Privacidade
   

 

Estratégias de Marketing

Por Rafael Mauricio Menshhein

0411/2006

 

Dentro do Marketing, podem-se perceber inúmeras estratégias, planos desenhados para atingir objetivos e determinar qual o melhor caminha a ser seguido no mercado, suas possíveis alterações e também reações que devem estar devidamente detalhadas para que não apareçam surpresas ao longo do tempo, especialmente perda de mercado porquê não lembrou-se de um ou outro fator que pode ser uma variável que trará consigo o sucesso do concorrente.
Em mercados competitivos, todos são, não há como não olhar com muito cuidado, realizar estudos e determinar as melhores estratégias para cada novo, ou mesmo já inserido no mercado, produto ou serviço, pois muito mais do que apenas criar, é necessário que o Marketing faça um acompanhamento contínuo do andamento do mercado como um todo, desde os fornecedores até seus concorrentes.
As estratégias podem ser classificadas em termos como:


1 - Quanto a dominância de mercado:

  • Estratégia de liderança teste;
  • Desafiante;
  • Seguidor;
  • Nicho de mercado.

2 - Classificação genérica de Michael Porter:

  • Liderança de custos;
  • Diferenciação de produto;
  • Segmentação de mercado.

3 - Quanto à inovação:

  • Pioneiros;
  • Seguidores imediatos;
  • Seguidores tardios.

4 - Estratégia de crescimento:

  • Integração horizontal;
  • Integração vertical;
  • Diversificação (ou Conglomeração);
  • Intensificação.

5 - Quanto à agressividade:

  • Construir;
  • Segurar;
  • Ceifar ou colher.

Pode haver um esquema detalhado como:

  • Prospector;
  • Analisador;
  • Defensor;
  • Reagir.

Cada uma das estratégias visa enquadrar-se melhor ao estilo do produto, seu mercado, o que a empresa pretende atingir e muitas variáveis que são definidas no planejamentos, mas para que cada estratégia possa surtir o efeito esperado é vital o conhecimento do produto, seu mercado, o público-alvo e da concorrência, um simples descuido pode resultar em “surpresas desagradáveis” e então pode chegar ao ponto de não existir tempo hábil para mudar a estratégia e corrigir o erro.
Muito mais do que alocar a estratégia correta, é importante manter estudos constantes do mercado, avaliar a necessidade ou não de aumentar sua participação no mercado, correr riscos que estão já estabelecidos e apontam como contra-atacar a concorrência em caso desta conseguir colocar-se um pouco a frente na disputa por um mercado-alvo




Notícias sobre propaganda e Marketing? Acesse o Portal do Marketing.net