Filosofia em Marketing

Por Rafael Mauricio Menshhein

14/11/2006




Poucas pessoas conseguem compreender a ligação entre Filosofia e Marketing, mas estas ciências são unidas pela reflexão que sugerem, são parte da cultura dos povos e pouco compreendidas pela maioria das pessoas, porque elas não têm estudos voltados ao aprendizado de cada uma delas, mas sem a Filosofia não há Marketing.
O homem sobreviveu até os dias atuais por refletir, pensar, organizar, planejar, agir e colher os frutos, por essas e muitas outras razões a Filosofia traz para a vida das pessoas os questionamentos naturais e a busca por respostas, em Marketing não é diferente, fazer Marketing não é simplesmente colocar um produto no mercado, desenhar uma embalagem, fazer Propaganda, é saber que por trás de cada um destes objetos há muito de Filosofia, inicia-se na reflexão, passa por um processo muito estruturado e que para os profissionais de Marketing é algo vital, “achar” algo e fazer tudo de qualquer forma é coisa de marqueteiro.
Tratar seus consumidores com respeito é um dos princípios básicos, saber que ele trocará seus produtos pelo do concorrente porque você não sabe fazer Marketing é fato e ocorre todos os dias, o consumidor fica insatisfeito com um produto ruim, mas o ponto em que mais são decididas as trocas desta por aquela empresa está no atendimento.
Quando o Marketing não é a Filosofia da empresa não há como sobreviver, independentemente do tamanho da organização, deve-se ter em mente que qualquer ação da empresa reflete em seu desempenho, como na via quotidiana de cada um, um pequeno gesto visto por poucos torna-se o calcanhar de Aquiles das organizações e das pessoas.
Ao descobrir que os estudos dão a base para a criação, que sem eles não existe Filosofia, Marketing, História etc, entende-se o quanto há para ser conhecido e transformado em sabedoria, não deixando que seus concorrentes alcancem os louros da vitória primeiro.
Tratar o Marketing como um departamento qualquer é reflexo dos pseudo-profissionais, chamados de marqueteiros, que visam simplesmente enganar as pessoas e sempre desejam estar acima da organização, sentem-se deuses e conseguem destruir as empresas porque não sabem o que é Marketing e nem que a Filosofia é uma das bases da vida.
Sem Filosofia não há vida, sem vida não há Marketing e quando alguém que julga-se um exemplo não sabe pensar, tudo pára, não existem mais motivos para realizar nada e então descobre-se que ali não existe investimento, apenas despesas.
As pessoas não percebem, mas lidam com Marketing, Filosofia e todas as ciências diariamente, conhecem superficialmente cada uma delas e não buscam aprofundar-se em estudos por não conhecerem seus benefícios, como também não percebem que os exemplos, péssimos por sinais, que receberam durante a vida não foram bons e estimulantes.
Um profissional de Marketing sabe que não bastam apenas 4 P´s para ter sucesso, elaborar estratégias não é copiar, vender não é empurrar para o consumidor um produto que ele não quer, Valor não é a razão entre os custos e benefícios e muitas outras coisas, mas o Marketing vai além do que é visível, deve fazer parte do profissional e tornar-se verdade após muitos estudos, Pesquisas e conhecimento.




 

O portal do Marketing respeita seus visitantes e usuários. Leia aqui a Política de Privacidade