O foco das mudanças em Marketing
Por Rafael Mauricio Menshhein
14/07/2007

A mudança está presente no dia a dia de todos, com as empresas não é diferente e até pode interferir diretamente no seu desempenho, principalmente quando a mudança é realizada sem um planejamento adequado ou é feita por modismo.
Mudar requer um profundo conhecimento dos impactos resultantes de cada ação, todos os colaboradores devem estar envolvidos neste processo e compreenderem realmente o que significa a mudança.
Um dos desejos de todas as organizações é mudar e obter sucesso, mas ao avaliar a forma como a mudança é realizada pode-se perceber claramente que as próprias pessoas que resolveram implantar o processo de mudança não acreditam no que fazem.
Ao elaborar um planejamento o mais importante é obter as informações corretas, transformar este processo em algo comum a todos, compartilhando as etapas, comunicando o que é necessário e os benefícios que serão trazidos com a mudança.
Em certos momentos a cultura organizacional pode ser um obstáculo para a mudança dentro de uma organização, como também deve ser levada em conta ao elaborar um planejamento do processo de mudança.
Outro ponto interessante e muito observado é que as mudanças têm a obrigação de melhorar o desempenho da organização, algo que só é conquistado com dedicação, disciplina e determinação.
Nenhuma mudança pode dar certo da noite para o dia, mas sim com uma execução gradativa e que é abraçada por todas as pessoas da organização, compreendida em sua essência e para trazer um novo nível de produção para todos, independente de sua área de atuação.
Muitas vezes a organização é obrigada a mudar, para sobreviver e manter-se competindo no mercado, o que ocorre quando há grandes saltos, em boa parte das vezes tecnológico, e que trazem riscos para o negócio.
Também existem exemplos de organizações que estão a frente do seu tempo, já possuem uma cultura voltada para melhorar continuamente seus processos e produtos, o que é um diferencial difícil de ser copiado, pois houve um estudo específico para aquela organização e que já estava dentro da mente de seus gestores.
Cada organização é única e deve trazer para dentro dela as mudanças que mais se aproximam do seu modelo interno, não há como copiar ou implantar mudanças sem conhecer os conflitos que poderão vir pela frente.
Mas os principais pontos para mudar podem ser tratados como: saber quem se é, saber onde quer chegar e o que é necessário para ir até o ponto desejado.
A informação é um dos principais motores da mudança, porque através dela é possível encontrar quais serão os pontos-chave da mudança, e como interferem nos demais.