Gestão de Conhecimento
Por Rafael Mauricio Menshhein
04/03/2007

Um ponto altamente valorizado atualmente é o conhecimento, o capital intelectual das pessoas envolvidas em todo o processo de criação de produtos, serviços, estratégias, aplicações, nos estudos necessários para o desenvolvimento de novos mercados ou aumentar a fatia de mercado perante a concorrência.
Para um profissional de Marketing é importante que sua equipe tenha conhecimentos variados, seja composta por diferentes culturas e com um conhecimento superior, auxiliando-o a definir corretamente as estratégias e trazendo o que há de mais novo no mercado.
Algumas vezes pode-se imaginar que a gestão do conhecimento deve prender as pessoas, na verdade a liberdade dada a criatividade é o maior trunfo, logicamente alguns produtos ou serviços são descartados, devido a sua viabilidade no mercado ou ser melhorado e adaptado aos desejos e necessidades do consumidor.
Com a evolução constante do mercado, os concorrentes, agora, mundiais e um consumidor muito mais informado e com novos desejos e necessidades, elevando assim a exigência mínima para as características de produtos e serviços ofertados.
O conhecimento faz parte do ser humano, deve ser parte da capacidade de realização da organização e trazer aprendizado contínuo, melhorando a criatividade, permitindo crescimento intelectual e profissional, bem como trazendo mais clientes para a organização.
Para que a gestão seja mais eficaz, devem ser abordados pontos como:

Diversidade de colaboradores: quanto maiores as diferenças entre as pessoas dentro de uma organização, melhor;
Aprendizado contínuo: somente produzir não é mais possível, os processos sempre devem ser aprimorados;
Foco: os objetivos auxiliam, e muito, na hora de balancear estratégias, criar produtos e serviços para o mercado;
Fatores culturais: entender que cada mercado tem a sua particularidade é vital e faz com que os ajustes necessários sejam feitos;
Conhecer os concorrentes: para entregar ao cliente um produto melhor, deve-se saber exatamente o que as demais empresas produzem;
Compreender o mercado: produtos nascem e somem, bem como os consumidores podem trocar de Marca, por motivos monetários ou de percepção de Valor;
Realizar pesquisas constantemente: podem ser usados dados históricos, coletar dados diretamente com consumidores e transformá-los em Informação concreta e precisa;
Ouvir o cliente: o consumidor quer ser respeitado e levar o melhor produto que pode comprar;
Compartilhar a Informação: guardar segredos é perder oportunidades preciosas diante da concorrência;
Planejar: cada passo tem seu momento certo, definir um caminho é evitar a perda do foco;
Conhecer as oportunidades de mercado: em certos momentos as oportunidades surgem em dados coletados em uma Pesquisa, o que leva a entender a importância de todo o processo e a necessidade real de ouvir o cliente.

As organizações devem buscar a gestão correta para que o conhecimento tenha um grande efeito dentro e fora dela, muitos são os pontos que influenciam o sucesso maior ou menor de cada empresa no mercado, principalmente quando não há uma adequação correta de valores entre os colaboradores e a organização.