A Importância do Marketing Pessoal
Por Rafael Mauricio Menshhein
18/05/2007


Dentro das organizações cada pessoa lida diariamente com seu próprio Marketing, também o faz ao relacionar-se com os demais e muitas vezes o termo é distorcido ou usado de maneira inadequada.
Antes de tudo o Marketing pessoal é uma filosofia da pessoa, envolvendo-a desde o nascimento, e está presente durante toda a sua vida.
Utilizar o Marketing pessoal é importante, demonstra as habilidades, o conhecimento, as capacidades das pessoas, o seu preparo para estar naquele lugar e é parte de cada um.
Dentre os aspectos que mais se destacam, estão:

Aparência: todos conhecem a expressão “a primeira impressão é a que fica”, com isso percebe-se que o cuidado com a própria aparência tem um impacto visual muito importante e que dá credibilidade ao que a pessoa deve representar, por exemplo, um executivo de bermudas, camiseta e chinelos pode não ser muito bem visto dentro de uma empresa trans-nacional, mas se ele trabalhar com produtos de surf em uma praia, estará adequado ao seu público e ao seu negócio; Comunicação: em todos os seus níveis, a comunicação é importante, como o comportamento alinhado às palavras e o respeito aos demais, logicamente a comunicação direta, com as pessoas uma diante da outra, é a mais eficiente ainda, mas não há como esquecer-se de que nos demais meios a coerência é muito importante, pois uma pessoa educada em sua frente deve passar a mesma impressão em um telefonema, e-mail, carta etc.; Ética: respeitar a inteligência dos demais é um primeiro passo, todas as pessoas sempre têm algo para contribuir, desde a linha da produção até o presidente, mesmo sabendo que as terminologias serão diferentes, ouvir é um excelente caminho, da mesma maneira com a qual são respeitadas as normas da empresa, deve haver respeito entre todos, dentro e fora da organização; Comportamento: os discursos alinhados ao comportamento permitem aos colaboradores receber a mensagem de quem é a pessoa, não há espaço para pregar uma coisa e fazer outra completamente diferente, tanto dentro quanto fora da empresa; Valores: cada pessoa teve uma educação, com valores diferentes e situações diferentes, por isso é importante conhecer os valores das demais pessoas, do local onde se está e da organização, por isso é importante que a pessoa e a empresa tenham um alinhamento de valores, evitando conflitos desnecessários.

As pessoas, em certos momentos, acabam surpreendendo-se com uma atitude inesperada, com um gesto que não condiz com a imagem da pessoa e até perdem a confiança nestes momentos.
Ter uma boa aparência é muito diferente de ser uma boa pessoa, ter conhecimento não é sabedoria e a cada dia todos buscam melhorar.
O mercado está vivendo um momento em que o ser está tornando-se mais importante que o ter, as empresas só existem por causa de seus colaboradores, só estão “vivas” porque há pessoas que a cada dia buscam fazer o seu melhor e o consumidor está mais exigente e que têm cada vez mais poder.