Marketing e as Mudanças Culturais
Por Rafael Mauricio Menshhein
31/05/2007

Mudar a cultura de uma organização é um trabalho longo e que traz um grande aprendizado às pessoas envolvidas no processo, mesmo que no início haja uma resistência natural das pessoas e que o desconforto se faça presente.
Existem métodos interessantes para serem aplicados na mudança cultural das organizações, muitos envolvem somente os processos, outros apenas as pessoas e há aqueles onde os processos e pessoas acabam envolvidas.
Ao mudar sua cultura, uma organização afirma a si própria que deseja melhorar, quer criar um ambiente muito melhor e permitir aos colaboradores a percepção do que é realmente necessário.
Em empresas com uma estrutura organizacional, ainda em forma de pirâmide, percebe-se que os colaboradores não conseguem sequer dar opinião, ajudar a empresa a melhorar um processo ou mesmo solucionar problemas encontrados.
As estruturas estão mudando lentamente, especialmente em locais onde o desenvolvimento pessoal é ínfimo e pouco requisitado pelas organizações.
O desenvolvimento dos colaboradores é um grande investimento para organizações que mudaram sua visão de estrutura organizacional, alteraram os antigos modelos que hoje não fazem mais sentido e só acabam amarrando processos e provocam lentidão e burocracia em excesso.
Também percebe-se que muitas empresas não sabem:

Quem são: as empresas são formadas por pessoas e sempre devem ser visualizadas como uma pessoa, conhecer se sua aparência física é compatível com o público-alvo e os produtos que ela oferta no mercado;
Onde estão: saber onde se está auxilia a planejar qual é o rumo a seguir, conhecer seu público-alvo, a comunidade, fornecedores próximos, concorrentes é apenas um pequeno exercício para descobrir o território em que se está pisando;
Para onde vão: todas as empresas desejam o sucesso, um planejamento bem elaborado dá um rumo mais seguro para trilhar e com isso unir a empresa para que todos alcancem os objetivos conjuntamente;
Como chegar lá: estudar o mercado é fundamental, definir os meios, estratégias, táticas e planejamento permite iluminar a escada que se pretende subir no mercado, é como colocar a organização nos trilhos para que todos tenham uma rota segura para seguir, sem impedir que as demais opções sejam acompanhadas no decorrer do tempo.

As organizações necessitam aprender a aprender, mudando sua estrutura e permitindo aos colaboradores desenvolverem-se adequadamente.