Marketing para o Comércio Exterior
Por Rafael Mauricio Menshhein
09/03/2007

Estudar constantemente faz parte do quotidiano do profissional de Marketing, é uma Filosofia de vida escolhida e que traz muitos benefícios para a organização.
Dessa forma pode haver um aprendizado contínuo e a expansão da organização para novos mercados torna-se mais fácil, com muito mais conhecimento e uma base muito mais sólida do que a concorrência, permitindo entender os inúmeros processos envolvidos em uma campanha destinada para um público-alvo diferente.
Além de compreender corretamente que os mercados globais possibilitam um conhecimento mais profundo do produto, da organização e estratégias, têm-se a oportunidade de atender os desejos e necessidades de um mercado novo, porém estudado e conhecido.
É natural que ao iniciar um movimento de entrada em um novo mercado as organizações tenham que aproximar-se muito mais dos novos consumidores, os esforços de Marketing são maiores e o foco da empresa deve ser muito bem ajustado.
Da mesma forma em que algumas organizações investem em Pesquisa para entrar em mercados desconhecidos, deve-se ter primeiramente um contato neste mercado, para que não haja uma surpresa por desconhecer alguns detalhes de comportamento do consumidor que não surgem na coleta de dados.
Com a facilidade, provocada pela Internet, pode-se encontrar dados que permitam avaliar o mercado-alvo, trazendo dados para uma tomada de decisão, que não excluem uma Pesquisa feita pela organização no local de destino, mas auxiliam a entender se a oportunidade ali percebida é viável para a organização.
Após escolher o mercado de destino, deve-se saber que todos os processos de comércio envolvidos são fundamentais, desde o processo de produção até o ponto de venda, como:

Barreiras: alguns mercados tendem a colocar limites de entrada de produtos, o que pode reduzir o interesse em entrar nesse mercado e com isso é necessário mudar a estratégia, caso a empresa ainda deseje disponibilizar seus produtos ali;
Impostos: quando não há um acordo, formação de blocos econômicos, percebe-se que a entrada de produtos pode sofrer com os altos impostos, principalmente porque o produto está gerando empregos em outro local;
Distribuição: deve-se pensar na forma usada para o transporte de envio e dentro do novo território, o processo de Logística é fundamental e deve ser muito bem planejado, evitando a falta ou excesso de produtos no mercado;
Comunicação: o público-alvo é diferente, seu comportamento é diferente e a Comunicação deve ser diferente, mesmo que os países sejam vizinhos ou possuam o mesmo idioma, o que pode parecer um fator que favorece a entrada pode ser uma barreira natural devido aos costumes e a cultura do consumidor;
Marca: estudar os nomes e seus significados é fundamental, os nomes dos produtos devem ser claros e não podem ser compreendidos como termos que ofendam o consumidor, há inúmeros casos em que a mudança foi necessária, também deve ser escolhida uma Marca que seja de fácil assimilação e fixação na mente do consumidor;
Legislação: um dos pontos que pode ser alterado e que influencia diretamente na atuação da organização em outros mercados, conhecer as leis é fundamental até mesmo para o mercado de origem da organização, tornando-a um aliado e não uma barreira;
Blocos econômicos: facilitam a entrada de produtos dos países membros, mas também podem existir restrições, o que influencia em aumento de produção ou taxação para determinados itens, mas também facilitam a negociação com outros mercados, pois o interesse de um bloco têm mais força.

Existem inúmeros fatores que podem determinar o sucesso de uma organização em mercados estrangeiros, que serão estudados pelo profissional de Marketing e compreendidos por toda a organização.
Quanto maior for a compreensão do mercado-alvo, maiores são as chances de sucesso, pois o conhecimento traz o aprendizado necessário, como também pode abrir caminhos para negociações futuras com mais facilidade, motivados hoje pela globalização e a facilidade em encontrar as informações sobre as empresas, produtos e serviços.