Mensuração de Mercados em Marketing
Por Rafael Mauricio Menshhein
17/03/2007

Definir o tamanho de mercado que é desejado atender é essencial para que o planejamento tenha uma base sólida e seja eficiente, da mesma forma com que se conhece o mercado, seus consumidores e os concorrentes que atuam naquele local.
Durante o planejamento estratégico, pode-se notar que a mensuração do mercado consumidor naquele local é um fator determinante, especialmente quando o produto ou serviço atende um nicho de mercado.
Ter a consciência de ter em mãos dados que possam aproximar-se do número exato de consumidores é fundamental, as pesquisas devem ser profundas e não somente questionar o cliente sobre o que ele pensa deste ou daquele produto, Marca ou empresa.
Algumas organizações perdem grandes oportunidades de mercado por elaborarem uma Pesquisa de maneira incorreta ou não compreenderem os resultados, por isso é tão importante que o profissional de Marketing saiba claramente que os dados estatísticos trazem oportunidades de mercado.
Atender aos desejos e necessidades do consumidor é um dos primeiro pontos abordados em Marketing, realizar pesquisas pode parecer trabalhoso, mas sem elas nada dá certo, tanto que a Estatística comprova que em 95% dos casos de sucesso houve um grande trabalho realizado em pesquisas, planejamento e foco.
Diante das infinitas possibilidades disponíveis em um mercado, deve-se optar por aquela em que a empresa possua conhecimento, tenha uma cadeia de Valor e os objetivos para aquele mercado estejam muito bem definidos.
Com a similaridade de produtos, a enorme quantidade de escolhas disponíveis ao consumidor e a grande concorrência enfrentada por todas as organizações, percebe-se que sempre existem oportunidades, que são reveladas em pesquisas e que permitem um contato muito mais próximo entre o consumidor e a empresa.
Algumas formas usadas para conhecer o mercado revelam pontos como:

Número de consumidores da área: mesmo que haja um grande número de pessoas no local estudado não há como dizer que todos comprarão o produto;

Intenção de compra: ter o interesse em adquirir não é comprar, muitas pessoas desejam carros de luxo, mas um número reduzido pode comprar;

Comportamento: alguns produtos são caracterizados como moda, atingem sua maturidade rapidamente e logo são descartados; para que sempre haja interesse pelo produto são necessárias inúmeras inovações ao longo do ciclo de vida;

Cultura: em determinadas regiões a forte influência cultural é um ponto que deve ser estudado, compreendido e que é fundamental para introduzir um produto, caso seja necessário, pode-se trocar o nome do produto, a forma de distribuição etc.

O tamanho de um mercado a ser atendido pode não ser definido pelo número de pessoas que ali residem, em alguns casos a capacidade de produção ou atendimento em serviços que a empresa gera definem a fatia de mercado.
Mesmo com uma empresa pequena deve-se estudar o mercado, a sorte existente em conquistar mercados é fruto de muito trabalho, coerência, ética e competência das equipes envolvidas.
Conhecer o tamanho da organização no mercado, sua capacidade de produção e o número de consumidores que podem comprar o produto são fundamentais para o profissional de Marketing, dessa forma, os estudos são fundamentais, analisar dados e transformá-los em informações é fruto de compreender as pesquisas e encontrar a oportunidade de mercado ali inserida.
Sem uma Pesquisa de qualidade não há como retirar o que realmente é relevante para atuar no mercado, muitas vezes a Pesquisa está do outro lado do balcão e não é percebida, e o que mais atrapalha em Marketing é buscar soluções complexas ao invés de olhar para o simples e eficiente que gera um retorno muito maior.