Os mercados e a comunicação em Marketing
Por Rafael Mauricio Menshhein
30/09/2007

Um dos desafios das organizações é elaborar uma comunicação clara e objetiva, entender qual linguagem é mais adequada para transmitir informações e fazer-se entender pelos consumidores.
Em muitos casos a forma mais simples de comunicação pode ser mais eficaz, onde o consumidor deve estar disposto a receber somente o que deseja.
Muitas organizações esquecem que a melhor comunicação com seus clientes é iniciada dentro da própria empresa, com seus colaboradores, e que todas as áreas devem estar focadas em objetivos bem definidos, não há mais como deixar que cada área trabalhe separadamente ou que não compartilhem as informações com as demais.
Mas a comunicação também acompanha a evolução tecnológica, o que trouxe novos desafios para muitas organizações, em especial àquelas que não se prepararam para lidar com um consumidor muito bem informado ou que esqueceram de olhar as mudanças do mercado.
Também não há como trocar um meio de comunicação por outro, sempre existe a necessidade do consumidor estar presente para ver, ler ou ouvir a mensagem da organização, e então a pesquisa toma grande responsabilidade em qualquer cenário, e a concorrência também realiza pesquisas.
A comunicação também interfere diretamente no relacionamento com o consumidor, desde o ambiente no ponto de vendas até a forma como um vendedor o atende e auxilia a tomar decisões sobre um produto ou serviço.
Outro ponto é que entender o consumidor é ouvir o que ele tem a dizer, apontar opções que se encaixem no seu perfil e deixar que ele, consumidor, tome a decisão, então o vendedor cumpre seu papel de vendedor-consultor.
Mas sem uma boa comunicação entre o vendedor e o cliente não há como exercer um bom relacionamento, o que é reflexo do ambiente interno da organização e que faz parte do dia a dia de todos os colaboradores.
Enquanto muitas organizações partem para uma comunicação que utiliza a internet como principal base, há aquelas que ainda conseguem utilizar muito bem os meios tradicionais, planejando sua entrada na internet e estudando constantemente o que seu consumidor deseja em termos de comunicação.
Uma das formas de se relacionar com os consumidores é usar o Marketing permissivo, onde o cliente busca a informação e diz à organização que deseja ser informado, desta forma a ação do consumidor é mais ativa, e também pode ser desfeita quando o cliente desejar.
O Marketing permissivo evita abusos de organizações, é o cliente quem decide o que e quando receber uma mensagem da empresa, a comunicação entre ambos se torna melhor, pois a organização estuda as melhores formas de passar uma mensagem para seus clientes e o cliente não é abordado sem o seu desejo.
As possibilidades do uso da comunicação sempre estão associadas à criatividade das empresas, quanto melhor é a relação da empresa com o conhecimento, maiores são as chances de fazer uma comunicação eficaz e eficiente.
Em um mercado onde o consumidor recebe milhares de estímulos diariamente é natural que as organizações estudem todas as variáveis que possam interferir em sua comunicação com os clientes, mas sem esquecer que a comunicação é uma via de duas mãos.