O que é Planejamento (5W + 2H)

Por Carlos Alberto de Faria

01/07/2008




Este artigo tem um propósito tão somente didático, sob dois aspectos: o primeiro, claro, de ajudar a compreensão do que é planejamento, o segundo de mostrar e demonstrar a utilidade da ferramenta 5W+2H.

Para esclarecer quaisquer assuntos que tenhamos dúvidas, definir melhor um trabalho que nos é repassado, definir fronteiras que delimitem uma tarefa, enfim, para tornar claro a abrangência, motivação, custos e resultados deve-se utilizar a 5W+2H. Com estas 7 questões respondidas, muitas das dúvidas, indefinições, ambigüidades que surgiriam durante o desenvolvimento da atividade, no dia a dia, simplesmente desaparecem. Ou seja, a utilização do 5W+2H é um planejamento em si.

No quadro abaixo apresentamos o que é planejamento, utilizando-se o 5W+2H.

Quadro 1- O 5W+2H no esclarecimento do planejamento

 

O QUE?  Planejamento: S. m. 1. Ato ou efeito de planejar. 2. Trabalho de preparação para qualquer empreendimento, segundo roteiros e métodos determinados; planificação. 3. Bras. Elaboração por etapas, com bases técnicas (especialmente no campo sócio-econômico), de planos e programas com objetivos definidos; planificação.
QUEM?  Para toda pessoa ou organização que queira ou seja exigido um comprometimento no alcance de um ou mais objetivos, onde se necessite coordenação e acompanhamento de esforços e aplicação de recursos humanos, financeiros e materiais.
POR QUE?  Para que se tenha garantia do atingimento dos objetivos primeiros. Problemas encontrados no meio do caminho devem ser resolvidos com criatividade, mas essa criatividade e resolução de problemas têm que focar e estar coerente com os objetivos traçados inicialmente. O planejamento é uma ferramenta para se garantir o alcance dos objetivos. O planejamento ajuda a eliminar soluções impensadas ou pouco aderentes aos objetivos maiores do planejamento.
QUANDO?  O planejamento deve ser feito a cada período de atividades onde surjam novos desafios ou novas situações. O planejamento não é imutável, pelo contrário, sempre que houver mudanças que justifiquem, o planejamento deve ser revisto, para que os objetivos do planejamento sejam atingidos, pois a prioridade deve ser o objetivo e não a manutenção rígida do planejamento.
ONDE?  Em quaisquer atividades que exijam ação coordenada, esforços múltiplos entre um número grande de pessoas, ou em atividades onde haja risco de comprometer vidas humanas ou de empresas, tanto sob o ponto de vista de manutenção da vida como de sua continuidade e desenvolvimento.
COMO?  Iniciando o planejamento, corrigindo rumos, aprendendo com a experiência própria e de outros, lendo outros planejamentos, livros, trabalhos, experimentando.
QUANTO?  O custo do planejamento depende do que se está planejando. O que se sabe é que o custo do não planejamento é muito maior do que o custo do planejamento, pois quem não sabe para onde vai, qualquer lugar é ponto de chegada, a qualquer custo.


Você deve utilizar esta ferramenta, o preenchimento é simples. Pode haver erros no começo, mas o uso freqüente acaba dando a experiência necessária para a plena utilização e aproveitamento.


Carlos Alberto de Faria é sócio diretor da Merkatus - Fonte: Merkatus




 

O portal do Marketing respeita seus visitantes e usuários. Leia aqui a Política de Privacidade