Desejos X Necessidades
Por Jonathan M. Fernandes
22/10/2009

Quando falamos sobre necessidades e desejos adentramos a um mundo novo, com poucos pareceres críticos que o fundamentam, tanto o desejo quanto a necessidade são avaliados de maneira diferente, conforme o grupo ou individuo, algo extremamente necessário para minha organização pode ser fútil ou irrelevante para outra, o mesmo ocorre com o desejo, este varia de acordo com as influencias recebidas do ambiente e a percepção de cada uma delas ao individuo.
Para entendermos um pouco mais sobre as necessidades humanas, vamos seguir a linha do pensamento de um grande sábio na área, Abraham Maslow. Maslow propôs ao mundo a hierarquia de necessidades, tendo por objetivo principal a auto-realização, para melhor compreensão ele dividiu as necessidades em uma espécie de pirâmide, que deve ser conhecida por todos da nossa área, onde temos:
1. Necessidades Fisiológicas;
2. Necessidades de Segurança;
3. Necessidades de Amor;
4. Necessidades de Estima;
5. Necessidade de Auto-realização;
Hoje sábios contemporâneos acrescentam à pirâmide de Maslow uma nova necessidade, tão importante quanto as demais, a Necessidade Espiritual, onde o ser humano após a Auto-realização procura algo a mais, para sustentar sua infatigável busca pelo novo.
Já os desejos são mais sutis e circulam a pirâmide de necessidades, os mesmos precisam estimular o target tentando deixar de ser apenas um desejo tornando-se uma necessidade, as necessidades geram no consumidor o estimulo de compra, o que caracteriza uma campanha bem sucedida.
Desejos são prospecções do consumidor, algo que quer muito, porém não há necessidade para tê-lo, geralmente os desejos só são adquiridos quando todas as necessidades básicas forem supridas, porém, disse geralmente, algo que pode ser derrubado por um bom sistema de propaganda ou uma ação bem estruturada de marketing.