Marketing Através da Liderança
Por Lorenzo Busato
19/10/2009

Para variar vou tocar no assunto marketing com um ponto de visão diferente de: promoções, propaganda, etc, etc...

Para um bom atendimento, organização, agilidade e comprometimento de uma equipe de vendas sempre precisaremos de uma liderança bem posicionada, senão acabamos igual aqueles pais vendo o filho marchar em seu pelotão no quartel e dizendo: "Veja só o nosso filho que marcha direitinho!".

Primeiro ponto: como dizia (e diz) Jack Welch (Ex CEO da GE) em seu livro Paixão por Vencer (Winning), que recomendo a todos os líderes (e candidatos): QUAL É A MISSÃO DA SUA EMPRESA? Uma empresa sem uma diretriz firme e conhecida por todos os colaboradores não inspira confiança e determinação a ninguém.

Outro ponto: Quem é o líder?
Estar líder é uma coisa: te colocam na função em pronto, no seu crachá diz GERENTE DE VENDAS ou algo mais pomposo, mas não garante nenhuma liderança sobre seu time.

Ser líder é o desejado, algumas pessoas conquistam a liderança mesmo sem o cargo, vamos ver algumas características de um bom líder:

CREDIBILIDADE:

O líder tem que ser uma pessoa reconhecida como competente, que age dando exemplos, com postura, que acompanha os resultados da equipe e mostre para a equipe que pode fazê-los progredir.
O bom líder é aquele que faz as pessoas crescerem.
Bons resultados, diga: nós fizemos, divida os créditos com sua equipe.
Maus resultados, diga eu falhei, nunca coloque a culpa na equipe, se ela é fraca é porque você foi fraco.

ORGANIZAÇÃO:

O líder tem que ter acompanhamento dos desempenhos e indicadores diariamente e mostrar isso para a equipe (por que vou me esforçar se meu chefe nem dá bola?), toda vez que solicitar algo para alguém faça um follow-up (acompanhamento agendado).

ENTROSAMENTO:

Peça a opinião para sua equipe sobre problemas a serem resolvidos, envolva-os e surpreenda-se com os resultados!

A velha máxima da liderança: "ELOGIE EM PÚBLICO E REPREENDA EM PARTICULAR" por incrível que pareça ainda tem gente que faz ao contrário ou nunca elogia. (mande um email elogiando um resultado, dê os parabéns em uma reunião, faça uma lembrança por resultados atingidos, use sua criatividade e não tenha medo de elogiar).

NEUROLINGUÍSTICA:

Como está sua postura com sua equipe? Você fala olhando nos olhos? (leia a linguagem corporal de seus subordinados, um desvio de olhar diz muita coisa). Nunca deboche de um colaborador, sarcasmo também é proibido para líderes, ao invés disso, chame-o para uma conversa, pergunte qual é a dificuldade, oriente-o e estabeleça um prazo para melhorias, depois disso se o resultado não vier você terá de exercer a pior atividade de um líder, a demissão.

PACIÊNCIA:

Não é exagero, mais um percentual muito pequeno da população tem a mesma iniciativa, criatividade, proatividade e comprometimento que você, então entenda isso e tente estimular estas qualidades em sua equipe.

A atividade de liderança é de extrema responsabilidade e pode transformar empresas e resultados (para melhor ou para pior), você está lidando com pessoas, sentimentos, relacionamentos e aspirações.

Leia muito sobre o assunto, informe-se e principalmente SEJA UM EXEMPLO para sua equipe, você até pode errar, mas se cuidar dos pontos acima mencionados, sua equipe estará pronta para lutar junto com você.

Assista o vídeo do prof. Marins " Liderança pelo Exemplo " e leia Paixão por Vencer de Jack Welch, certamente irá te ajudar.
Em tempo: assista e leia, mas coloque em prática.

Lorenzo Busato é autor do livro Marketing & Criatividade Casos Práticos com diversos casos reais de consultoria e ferramentas práticas para uso imediato em sua empresa e equipe.
Baixe grátis no http://www.gruposupera.com.br