Natal - Cinco Letras que Vendem
Por Maria do Rosário Martins da Silva
02/05/2006

Está chegando o mês de dezembro, e o comércio varejista, que espera ansiosamente por ele, já deve estar preparado há muito tempo para atrair clientes que, por mais que queiram, não resistem e se rendem aos apelos do papai-noel. Não tem quem resista aos embalos melódicos das músicas natalinas, pela tradição de se trocar presentes e as deliciosas ceias e confraternizações que reúnem chefes, funcionários, colegas e famílias, até que se inicie o novo ano. É chegado o momento de usar e abusar da criatividade nas vendas, encantar ainda mais na hora do atendimento ao cliente e estreitar laços no relacionamento com os mesmos. Quem souber explorar as técnicas, promoções, beleza das vitrines, displays atrativos e estiver atento aos pequenos detalhes que fazem toda a diferença, tirará bom proveito do espírito natalino que mais cedo ou mais tarde tomará conta das pessoas e poderá incrementar as vendas. Um dos primeiros passos que o lojista deve dar é tornar o ambiente alegre e festivo, com música em tom ambiente (cuidado com a poluição sonora que nessa época cansa os clientes). Outro ponto importante é disponibilizar o maior número de pessoas possível, para conseguir atender ao aumento da demanda e trânsito na loja, principalmente com o horário especial que começará a vigorar. Treinar os funcionários para um bom atendimento, com informações precisas e atenção redobrada faz uma grande diferença, principalmente nessa época do ano. É tempo também de facilitar as condições de pagamento, negociando as melhores opções, e caprichar nas embalagens que podem mudar o aspecto do item comprado, por mais simples e barato que seja. O hábito de dar um presente sempre foi cultivado, desde a nossa infância e, mesmo com tantas notícias pessimistas como os aumentos exorbitantes e inflação nas nuvens, a tradição ainda continua em alta. É chegada a hora de aproveitar a oportunidade e colocar em prática algumas dicas dadas pelos consultores da área de vendas:

1) Não deixe escapar a oportunidade para realizar bons negócios. Planeje bem as compras e os estoques, sem descuidar do fluxo de caixa da empresa. Atenção redobrada a tudo que estimula as vendas de Natal.

2) Todo o estoque de produtos para venda deve estar disponível na loja logo no início do mês.

3) A equipe da loja, incluindo os colaboradores antigos e os contratados temporariamente, deve estar treinada com relação aos novos produtos, e principalmente no tocante à necessidade de prestar um atendimento rápido e de qualidade.

4) A vitrine da loja para o Natal deve estar pronta e atrativa já no final do mês de novembro.

5) O estoque da loja deve ser arrumado, visando proporcionar agilidade no atendimento.

6) Toda a estrutura da loja (formas de pagamento, sistema de embrulho para presente e outros) deve ser preparada com a devida antecedência para permitir maior rapidez em todas as etapas da venda.

7) Deve ser realizada uma manutenção preventiva da loja (ar-condicionado, parte elétrica, sistema de iluminação, sistema telefônico), para que tudo esteja funcionado quando começar o movimento de vendas.

Por último, um conselho meu: agradeça pela preferência, deseje um bom natal e feliz ano novo, com muita sinceridade, e não se esqueça que por mais lucrativo que tenha sido o negócio para sua empresa, os clientes serão seu melhor presente nessa época, pois existem milhares de lojas e produtos em todos os lugares, e a sua empresa foi eleita entre tantas. Saiba reconhecer e merecer a preferência! Bom Natal e boas vendas!

Maria do Rosário Martins da Silva é Mestre em Marketing. Especialista em Recursos Humanos e Marketing. Professora em cursos de Graduação e Pós-Graduação. Palestrante nas áreas de Motivação, Empreendedorismo, Recursos Humanos, Marketing, entre outros. Experiência em desenvolvimento de pessoas nas áreas de Marketing, Recursos Humanos, Empreendedorismo, Dinâmicas de Grupos, Jogos de Empresas, Técnicas Vivenciais e Oratória. Contato: zarinhamartins@hotmail.com