Marketing Digital: O Problema se Repete
Por Mayko Franceschi
27/03/2010

Muitas empresas se dizem especializadas em marketing digital. O problema é: será que realmente são?

Hoje, qualquer um que pega um template ou sabe utilizar um construtor de sites, se diz especialista no desenvolvimento de sites. O mesmo está acontecendo com o marketing digital.

As empresas que constroem sites estão começando a se dizer “empresas de marketing digital”. Será que realmente são?

Quando você analisa os serviços oferecidos por elas, você vê algumas coisas como SEO (otimização de sites), links patrocinados e e-mail marketing.

Todavia, existe muita diferença entre oferecer alguns serviços e realmente ser especialista em marketing digital.

Links patrocinados são publicidade online, apenas uma sub-área do marketing digital. E oferecer os serviço de links não quer dizer que saiba fazê-lo corretamente.

O e-mail marketing, que eles dizem que oferecem, é apenas o motor de disparo. Para mim, uma empresa deve planejar toda a campanha de e-mail marketing de seus clientes, inclusive a segmentação do mailing.

SEO então é um caso à parte. Essa otimização dita pelas empresas (apenas realizar alterações no código para algumas palavras chaves) provavelmente não leva a nada. Apenas surtirá efeito se existir um planejamento completo e marketing de conteúdo, gerando interesse as pessoas que acessarem seu site. Não adianta acessarem se não encontrarem nada de interessante, pois nunca mais voltarão. E, se não há um planejamento constante de conteúdo, dificilmente você se manterá no topo das buscas.

Para mim, o simples planejamento do projeto de um site já indica o que uma empresa entende sobre marketing digital.

Para se desenvolver um site, é necessário identificar quem são e o que fazem as pessoas que acessarão seu site, ou seja, conhecer seu público-alvo. E principalmente, o que elas buscam na internet.

Recentemente, nossa empresa desenvolveu um site para um hotel. O cliente disse que queria isso, aquilo… algumas coisas eram boas idéias, outras não. Então, o que fiz? Insisti para que o cliente seguisse minhas recomendações, pois, além de ser especialista no assunto, eles estão me pagando justamente para lhes dar o melhor, lhes prestar uma “consultoria” sobre negócios e internet.

Comecei uma análise do que poderia ser interessante mostrar para as pessoas que buscavam por acomodações em Campo Grande MS. Cheguei as seguintes respostas:

1. As pessoas viam muito realizar negócio, então precisavam de uma localização privilegiada, e o hotel tinha isso;
2. Muitas pessoas também viam a passeio; ou então as que viam por negócio também gostariam de dar um “passeio”. Queriam saber onde passear aqui;
3. As pessoas precisam comer; e gostam também de fazer compras e levar presentes para os parentes;
4. Muito abandonavam o site porque não conseguiam esclarecer uma dúvida e não podiam esperar a resposta pelo e-mail.

Resolvemos os problemas fazendo o seguinte:

* Problema número 1: Já que o hotel tem uma ótima localização e as pessoas buscam por isso, desenvolvemos uma pequena animação, que mostra todos os pontos próximos ao hotel e interessantes aos hóspedes;
* Problema número 2: Criamos uma área no site chamada “pontos turísticos”, onde poderiam encontrar lugares para passear;
* Problema número 3: Realizamos parcerias com lojas, restaurantes e outras empresas, dando benéficos para os clientes do hotel;
* Problema número 4: Instalamos uma ferramenta de atendimento online, que agradou demais os visitantes.

Este é um exemplo simples, mas diz bem o que eu quero dizer. O marketing digital é um planejamento completo. Você deve pensar em tudo, analisar a concorrência, reconhecer fraquezas, destacar os pontos fortes, utilizar estratégias completas e diferenciadas… ou seja, fazer seu cliente se destacar perante os outros.

O resultado foi um número de visitas e ações por parte dos visitantes muito superior a sites de concorrentes. Principalmente no número de páginas exibidas, que ficou exatamente em torno de 15.000% (Quinze mil) superior, o que demonstra que, quem chega até o site, permanece mais tempo nele, devido ao interesse que ele gera.

Bom, falei muito e tentei demonstrar isso. Mas, o ponto ao qual desejo chegar, é que marketing digital é muito mais que um serviço só. É pensar em tudo, analisar os concorrentes, inovar, fazer mais pelos clientes de seus clientes, ou seja, é criar vantagem para aquele que paga pelo seu trabalho frente à concorrência, através de várias ferramentas que existem e também que não existem (inove meu velho).

Quer saber o que é marketing digital de verdade? Indico-te dois sites. O blog do grande Cláudio Torres (www.claudiotorres.com.br) e o site do Imasters (imasters.uol.com.br).

Investigue bem o histórico da empresa que irá contratar. Veja realmente se existe um trabalho de marketing digital. Fale com seus clientes, peça referências de artigos escritos. Veja a formação e o conhecimento de seus funcionários. Questione sempre.

E você, o que pensa à respeito?

Mayko Franceschi é Engenheiro de Computação e trabalha na área há 8 anos. É diretor da unidade Campo Grande MS da Magoweb – Marketing Digital e Soluções para Internet, a maior empresa do país especializada na área, com 24 unidades em 13 estados do Brasil e 1 unidade nos EUA. Estudioso da área da computação, é membro do conselho dos jovens empresários do Mato Grosso do SUL (CJE-MS), que trabalha para fortalecer o empreendedorismo no estado. www.magoweb.com/cg