Meu Colega de Trabalho é insuportável
Por Prof. Menegatti
31/05/2012

As atitudes do seu colega de trabalho estão interferindo na sua produtividade? Seu comportamento está criando algum tipo de problema para você e seus relacionamentos profissionais? Listei alguns tipos de pessoas difíceis que encontramos diariamente dentro da empresas e como poderemos lidar com elas:

1. Explosivo: esse tipo de pessoa não fica apenas nervosa, ela fica furiosa e explode, como uma criança tendo um ataque histérico. O Explosivo geralmente reage assim porque se sente muito frustrado ou com medo, e essa é a maneira de manter o controle e ele espera resolver as coisas de seu jeito.

Como lidar: uma estratégia é ouvir até o Explosivo terminar de expressar seus sentimentos. Então, quando ele se acalmar novamente, aja como se ele fosse uma pessoa normal e lógica, como se a fúria nunca tivesse acontecido. Essa estratégia pode ser eficiente, porque o Explosivo fica, frequentemente, envergonhado depois de uma explosão.

Se o Explosivo pedir desculpas, aceite-as para ajudá-lo a se sentir melhor. Uma vez que a situação tenha voltado ao controle, ele vai preferir ser visto como uma pessoa responsável, um adulto racional. Então, ajude-o a sentir-se assim, da melhor maneira que você puder e siga em frente, deixando o incidente no passado.

2. Reclamador: está frequentemente se queixando de alguma coisa e culpando pessoas, a organização ou o sistema em geral. Encontra problemas onde eles não existem ou contribui para a criação deles, a fim de que possa reclamar.

Como lidar: não leve essas reclamações muito a sério, uma vez que o Reclamador vai estar provavelmente se queixando mais para descarregar a tensão; ou seja, ele não espera de fato uma ação construtiva resultante de suas reclamações.

Uma boa técnica é usar audição refletiva: com suas próprias palavras, você repete com suas palavras o que ouviu o Reclamador falar. Assim você valida ou toma conhecimento do que ele está dizendo. Você mostra que ouviu e entendeu e demonstra seu respeito por ouvir, não importa se você concorda ou não com as reclamações. Pergunte o que ele poderia querer fazer para resolver o problema e depois encerre a conversa.

3. Emburrado: o jeito de lidar com uma situação que está deixando aborrecido ou preocupado é ficando distante. É como um caracol que se esconde dentro de sua casca até a ameaça de perigo passar. Você sente que ele o está evitando repentinamente. Você percebe uma tensão ou uma reserva em sua expressão e sente que existe alguma barreira na comunicação, mas ele não lhe dá nenhuma explicação e nega que exista um problema se você perguntar.

Como lidar: se um Emburrado estiver lhe aplicando um tratamento baseado no silêncio, uma estratégia é ser paciente e esperar, se você puder, até que ele saia de sua casca. No entanto, se você quiser enfrentar o problema na hora, não confronte o Emburrado diretamente, perguntando o que está errado ou o aborrecendo e implorando para ele lhe falar sobre o problema.

Uma boa alternativa é educadamente perguntar: você tem parecido distante nesses últimos dias. E se alguma coisa o está perturbando, talvez eu possa fazer algo para ajudá-lo? Essa gentil e educada pergunta poderá funcionar, porque o Emburrado geralmente tem medo de possuir sentimentos negativos ou de fazer algo errado.

4. Sensível: é altamente reativo a qualquer crítica ou sugestão de que ele possa estar errado ou possa ter cometido um erro. Ele reage dessa maneira porque tem um profundo senso de inferioridade.

Como lidar: um bom método para lidar com o Sensível é tentar apoiá-lo e mimá-lo. Assim, você o ajudará a se sentir melhor com ele mesmo e mostrará que ele é respeitado e valorizado. E ele sentirá menos necessidade de autoproteção. Esse método é especialmente útil em uma crise na qual o Sensível esteja aborrecido com você ou com mais alguém. Com a crise contida, você poderá retornar a uma relação mais normal, com base racional.

5. Preocupado: pensa que as coisas vão, provavelmente, dar erradas e elas geralmente vão, porque em geral a atitude do Preocupado o leva a lidar com os outros e reagir às situações cotidianas de um jeito, que faz as coisas parecerem mais difíceis. O Preocupado se sente mais confortável com seu ponto de vista pessimista, porque ele está muito acostumado com sua experiência negativa do mundo e de sua própria falta de sorte.

Como lidar: uma boa estratégia para lidar com um Preocupado é apresentar os fatos calma e confidencialmente, para responder a seu cenário extremamente pessimista. Então, se seus fatos puderem mudar o ponto de vista dele, vocês dois poderão trabalhar juntos com sucesso.

Agora se, depois de explicado a real situação e se ele começar a dar respostas do tipo "mas e se", e para cada solução que você apresentou ele vier com um problema é hora de tirar o time de campo.

Prof. Menegatti é conferencista em Vendas, Motivação e Liderança. Entre seus produtos estão: o Livro "Desperte seu Potencial Emocional", CD Motivacional "Marcado para Vencer", DVD "Campeão de Vendas". A cada palestra, o Prof. Menegatti vem conquistando platéias de norte a sul do país. Contatos: www.menegatti.srv.br - menegatti@menegatti.srv.br