A Real Função do Marketing nas Organizações

Por Por Rogério Bandeira de Melo Moreira

16/10/2010


 

Quando uma empresa consegue a real fidelização dos seus consumidores, significa a coroação de um excelente trabalho de marketing e planejamento estratégico

Afinal, o que é marketing? Essa é a pergunta que faço no primeiro dia de aula aos alunos do curso de administração. As respostas são as mais variadas e criativas possíveis. A campeã é definir marketing como propaganda. Essa confusão não é exclusividade dos alunos universitários - infelizmente ela beira o senso-comum.

Não há sinônimos para Marketing, como propaganda, vendas ou promoção. Marketing usa tudo isso e muito mais. A própria definição de marketing apresentada por Philip Kotler, um dos autores mais renomados da área na atualidade, nos ajuda a entender o que realmente é marketing: “Marketing é um processo social e gerencial pelo qual indivíduos e grupos obtêm o que necessitam e desejam através da criação, oferta e troca de produtos de valor com outros” (Administração de Marketing, 2002, p. 30).

Veja que marketing é um processo, ou seja, várias coisas acontecendo ao mesmo tempo para satisfazer necessidades e desejos. Fazer marketing é satisfazer o consumidor e a empresa, consequentemente, venderá mais. Fazer marketing é trabalhar com os famosos 4P´s, muito contestado no meio acadêmico, mas ainda eficaz na sua aplicação. São eles: Produto, Preço, Praça e Promoção. O marketing trabalha para entender o consumidor e oferecer o melhor produto, a um preço certo (e isso gera pesquisa de mercado), no local certo com a promoção certa – a propaganda é um dos elementos da promoção.

É possível fazer marketing sem propaganda? Sim, é possível já que o objetivo final de qualquer planejamento de marketing é a satisfação do cliente. Porém é de responsabilidade do departamento de marketing toda a propaganda, relações públicas, relacionamento com o cliente etc. Se numa empresa o departamento de marketing é responsável apenas por fazer propaganda ou criar anúncios, na verdade, não é um departamento de marketing, mas sim de comunicação.

É função do departamento de marketing fazer algo que é raro nas empresas de pequeno e médio porte: Planejamento Estratégico. Nele há elementos, dentre vários, que são imprescindíveis em qualquer planejamento: objetivos, metas e estratégias. Em outras palavras, onde se quer chegar (e em quanto tempo), quais etapas traçarei para chegar lá e como eu vou chegar lá. Fazer planejamento estratégico é se antecipar. É entender tão bem o consumidor que se atenda, não só o que o consumidor deseja, mas o que ele irá desejar.

O marketing deve administrar, planejar, agir, monitorar, criar novos produtos, estar perto dos clientes, conversar com eles, observá-lo, deixá-lo ser ouvido etc. O foco principal deve ser sempre a satisfação total do consumidor com um alvo muito claro: fazê-lo comprar de novo. Quando uma empresa consegue a real fidelização dos seus consumidores, significa a coroação de um excelente trabalho de marketing e planejamento estratégico.


Rogério Bandeira de Melo Moreira é publicitário, Professor universitário de propaganda e marketing do UNISAL, Centro Universitário Salesiano de São Paulo, e da Faculdade Veris (Grupo Ibmec). O profissional é especialista em Marketing pela FAAP, mestre em Comunicação e Semiótica pela PUC-SP e diretor da RM10 Propaganda. E-mail: rogerio@rm10propaganda.com.br - www.rm10propaganda.com.br




 

O portal do Marketing respeita seus visitantes e usuários. Leia aqui a Política de Privacidade