Como derrubar os obstáculos que cercam a criatividade nas empresas?
Por: Jaqueline Saviel
20/12/2009

A estratégia não é tudo, sem dúvida. Temos de dar seguimento ao que foi conversado em reuniões e acertado nos planejamentos.
Assim, podem ser aplicados processos para dar origem a iniciativas de novos negócios e novas idéias. Existem dois processos, o primeiro é chamado plataformas de inovação e o segundo banco de idéias.

Vamos conhecer um pouco sobre eles:

Plataformas de Inovação:

Estas são os temas de que se utiliza para inovar ou criar. Tudo o que possa tornar a construção mais enxuta, rápida e mais produtiva possível é interessante. Operando múltiplas plataformas simultaneamente, com foco específico nas soluções, cada plataforma se desenvolve pos intermédio de estágios.

Busca de oportunidades: Buscando as oportunidades no âmbito do tema escolhido.

Exploração: Explora-se uma gama de elementos com base no que está ocorrendo na economia local, regional ou global. Examina-se fatores como tendências, quais novidades em tecnologia para se aproveitar, entre outros. Focalizando a atenção para algumas poucas oportunidades boas, sólidas, que é interessante para aproveitar.

Ideação: Desse ponto em diante ocorre a maior parte do trabalho criativo. Já temos a oportunidade. Como tirar partido dela? Que tipo de coisas podemos fazer?
Não há nenhuma fórmula secreta para dar força a idéia. Várias técnicas são divulgadas, mas o trabalho em equipe, deixando que cada indivíduo tenha sua idéia, refine com os parceiros e trabalha-la novamente sozinho para depois ter o consenso do grupo, sem dúvida é a melhor prática quando se possui uma equipe para o trabalho.

Filtragem: Estabelecida a seleção de idéias, passa para o processo de filtragem das idéias e a identificação das que podem realmente tornar-se conceitos viáveis.

Desenvolvimento: Uma vez traduzida a idéia em um conceito, este volta para um comitê de inovação para verificação de se esta ou estas idéias tem a possibilidade de sucesso.

Banco de Idéias:

Um sistema em que qualquer pessoa pode propor uma idéia. Pode ser implementada em uma empresa, em fóruns, em comunidades, entre outros. Alguém da um tema e os autores das idéias tem que explicar quais são os benefícios, custos, implicações, fatores de sucesso e como implementá-la. Isso obriga o proponente a pensar bem na idéia e faz com que as outras pessoas que estão pensando além de expor suas idéias, também aperfeiçoar as dos outros com seus conhecimentos diferenciados.

Jaqueline Saviel é formada em Planejamento Estratégico Empresarial.