Dicionário de Marketing - Verbetes com a letra F

 

FACILITADOR - Membro dos grupos de melhoria da gestão.Servidores treinados para auxiliara alta administração no processo de auto-avaliação da gestão e em outras atividades do projeto.

FACTOR ANALYSIS: Veja Análise fatorial. 1. Ferramenta estatística empregada para determinar a seleção de fatores dentro de um banco de dados que influenciam a resposta. 2. Processo estatístico para tentar descobrir uns poucos fatores básicos que podem fundamentar e explicar correlações entre grande número de variáveis.

FAIXA DE VALOR- Inserir maior valor no relacionamento com um cliente através da procura de oportunidades que estão além da venda do produto em si. Por exemplo, um revendedor de carpetes pode gerar receita adicional e manter o relacionamento e manter o relacionamento ativo ao limpar regularmente o carpete do cliente.

FAMÍLIA: Produtos da mesma natureza e espécie.

FANTASMA: Marca de fantasias. Nome fantasia. Nome criado para identificar um produto ou serviço sem obrigatoriedade de vinculação como vernáculo, e que pela liberdade expressa em sua construção, tende a valorizar os processos de leitura, memorização e identificação deste produto. Exemplo: Kibon, Bombril, Omo, Cepacol, Ray-o-vac etc. Diz-se também da tipografia descompromissada, estilizada, com alegorias e

FAST FOOD: Estabelecimento onde são fornecidas refeições rápidas.

FATOR DE CORREÇÃO PARA POPULAÇÃO FINITA- Fator que corrige o erro- padrão da média, quando o tamanho da amostra excede em 5% o tamanho de uma população finita.

FATOR DE REPOSIÇÃO: Tempo estimado entre a entrega de um produto e o limite de renovação do estoque.

FATOR -Em análise da variância, propriedade ou características que nos permite distinguir diferentes populações umas das outras

FATOR: Valor que mostra a relação de uma variável com o item que está sendo analisado.

FATOR-CHAVE - Requisito básico orientador do planejamento estratégico e da fixação das principais metas da organização.

FATORES DE DESEMPENHO: Atributos da Transação que vale a pena melhorar continuamente para se manter competitivo.

FATORES EXCITANTES: Atributos de Transação que, se ausentes, não frustam o Cliente - até porque este nem precisa deles, mas que, quando presentes, conquistam rapidamente a sua adesão, seja pelo inusitado, ou porque preenchem necessidades ou expectativas latentes.

FEEDBACK (RETORNO): Retorno de pesquisa ou de informações formais e informais. São os mecanismos que a empresa utiliza para ouvir o cliente, suas reclamações, reivindicações ou elogios, como resposta a atitudes tomadas em sua organização. Tais mecanismos são ocasionados por centrais telefônicas gratuitas para atendimento do consumidor, painéis de comunicação, caixa de sugestão, pesquisa pós-venda junto aos clientes etc.

FEEDBACK: 1. Retorno da informação, retorno do processo. Termo utilizado em comunicação no sentido da obtenção de uma resposta. 2. Parte do controle do sistema em que os resultados das ações retomam ao indivíduo, permitindo que os procedimentos de trabalho sejam analisados e corrigidos.

 

FEFO - First-Expire, First-Out ou Primeiro que Vence é o Primeiro que Sai. Serve para gerenciar a arrumação e expedição das mercadorias do estoque de acordo com o prazo de validade.


FERRAMENTA DE QUALIDADE - Instrumento ou técnica que apóia as atividades de gestão da qualidade e do melhoramento de um processo. Por exemplo:PDCA, Diagrama de Ishikawa, gráficos, dispersão de Pareto, fluxogramas, etc.

FIDELIDADE À MARCA (BRAND LOYALTY) - Atitude do consumidor manifestada através da recompra sucessiva de uma determinada marca.

FIDELIDADE DE MARCA: Preferência contínua do consumidor em relação a um produto ou serviço.

FIDELIDADE: Nível de preferência do consumidor a uma determinada marca ou veículo de comunicação.

FIDELIZAÇÃO DE CLIENTES: Fidelizar é tornar alguém fiel a você. Fiel é aquele que é digno de fé; cumpre aquilo a que se propõe, é leal, honrado, íntegro, seguro, certo, firme, constante, perseverante, verdadeiro e amigo.

FIDELIZAÇÃO: Neologismo criado pelo professores de marketing para definir programas e esforços no sentido de conquistar ou incentivar a fidelidade dos consumidores a determinada marca ou empresa.

FIFO ( FIRST- IN - FIRST-OUT ): Veja PEPS. Relativo a valorização do estoque, o valor final é obtido retirando-se do estoque o primeiro lote de produtos que entrou (o primeiro a entra é o primeiro a sair)

FISHER, PHILIP: Famoso consultor econômico norte-americano.

FLOW CHART: Veja Fluxograma. Representação gráfica que mostra o movimento de formulários e as operações executadas por cada unidade ou pessoa da organização e as seqüências em que ocorrem tais movimentos e operações.

FLUXO DE AUDIÊNCIA: Movimento de audiência dentro de um programa.

FLUXO DE CAIXA: Veja Cash-flow. 1. Fluxo de caixa. 2. Previsão das necessidades financeiras.

FLUXOGRAMA - Diagrama que apresenta o fluxo ou seqüência normal de um trabalho ou um processo, por meio de uma simbologia própria. Maneira gráfica de se visualizar as etapas de um processo. Ferramenta ou instrumento e técnica de melhoramento da qualidade que consiste em representar ordenadamente em um gráfico todos os passos de uma função ou processo. Descrição do que “entra” e “sai” de um departamento ou seção. As rotinas operacionais são as bases para o desenho dos fluxogramas.

FMEA (Failure Modes andEffects Analysis) - Análise dos Modos e Efeitos das Falhas –método de avaliação de projetos(de produtos, de processos ou de serviços) usado para identificar todos os possíveis modos potenciais de falha e determinar o efeito de cada uma sobre o comportamento do sistema, antes que elas aconteçam.

FOB (FREE ON BOARD II): Preço de uma mercadoria quando compreende sua entrega no local determinado pelo computador, incluindo, por conta deste, as despesas de frete e seguro bem como todos os riscos até seu destino.

FOB (Free on Board) I -Designação da cláusula de contrato segundo a qual o frete não está incluído no custo da mercadoria. Valor FOB é o preço de venda da mercadoria acrescido de todas as despesas que o exportador faz até colocá-lo a bordo.

FOCO DE ATUAÇÃO - Consiste em abordar um ou mais segmentos de mercados menores, em vez do mercado total.

FOCO NO CLIENTE - Um dos sete critérios do modelo de gestão pela excelência. A principal razão da existência da organização é o cliente. Assim,o aspecto central referente a esse critério é a adequada conceituação do cliente e o relacionamento da organização com ele. O cliente é aquele que demanda um produto ou serviço, em razão deter necessidades, expectativas ou desejos que devem ser atendidos. Estes podem ser de diversas naturezas, por exemplo: por sobrevivência,de natureza psicológica ou cultural.O cliente é todo aquele que se beneficia dos processos do órgão/unidade. No caso das unidades que fazem parte da organização, deve-se levar em conta não só os clientes finais da mesma, mas também os clientes diretos da unidade. A possibilidade de mudanças do perfil dos clientes introduz uma variante que não deve ser menosprezada.Com o tempo, pode haver uma tendência para que os usuários do produto ou serviço da organização, ou de suas unidades, sejam ampliados e, até mesmo, totalmente modificados. Isso pode ser abordado no trabalho de identificação não só dos clientes atuais, como também dos clientes potenciais.Há necessidades que o próprio cliente não identifica, masque existem, e devem ser atendidas. Cabe à organização adotar um comportamento proativo no sentido de conheceras necessidades e expectativas de seus clientes,ainda que muitas vezes estes não as exponham. Alguns aspectos das necessidades permanecem praticamente inalteráveis e são facilmente identificáveis por meio de uma simples análise. Outros, entretanto,podem estar ocultos à simples observação, e, por isso, requerem um trabalho mais elaborado e sistemático,a fim de conhecê-las.

FOCUS GROUP: Veja Discussão em grupo. Pesquisa qualitativa de caráter exploratório de um segmento do mercado, com vistas à obtenção de dados sobre sua opinião, comportamento, percepções etc. sobre um assunto, problema, produto ou serviço. Sob a condução de um moderador, um grupo de pessoas escolhidas por suas características predeterminadas (classe, idade, sexo, educação etc.). e/ou específicas de um assunto (como posse da coisa ou experiência como produto/serviço) se reúnem para discutir um assunto em foco. Essa discussão é observada e registrada. A pesquisa com vários grupos permite, após análise dos resumos das discussões, chegar-se a conclusões utilizáveis mercadologicamente, sobretudo como base para posteriores estudos quantitativos. Veja Moderador. Pessoa encarregada de uma discussão em grupo que apresenta o tema aos participantes e coordena as ações de cada um.

FOFA - Análise feita durante a fase de planejamento do plano de marketing visando encontrar as forças e fraquezas da empresa e as oportunidades e ameaças (SWOT) do mercado atendido por essa mesma empresa, com a finalidade de traçar estratégias reforças as forças e oportunidades e eliminar ou diminuir as fraquezas e ameaças. Uma das partes componentes do Plano de Marketing.

FOLLOW-UP - Termo muito utilizado para designar as atividades de acompanhamento das ações de marketing das empresas (em especial de campanhas de comunicação e promoção).

FORÇA DE VENDAS POR MERCADO: Organização da força de vendas de acordo com a qual os vendedores se especializam em vender apenas para certos clientes ou indústrias.

FORÇA DE VENDAS POR PRODUTOS: Organização da força de vendas de acordo com a qual os vendedores se especializam em vender apenas uma parte dos produtos ou linhas da empresa.

FORÇA DE VENDAS POR TERRITÓRIO: Organização da força de vendas que designa cada vendedor para um território geográfico exclusivo para vender a linha completa de produtos da empresa.

FORÇA DE VENDAS: Vendedores ou representantes que contam potenciais compradores com finalidade de convencê-los a ADQUIRIR SEUS PRODUTOS OU SERVIÇOS. EQUIPE. QUADRO DE VENDAS.

FÓRMULA DA PROBABILIDADE BINOMIAL- Expressão usada para cálculo de probabilidades em um experimento binomial ( veja Fórmula 4-5 na Seção 4-3).

FORNECEDOR - Indivíduos ou organizações que fornecem insumos para o cliente.Notas:1 - Numa situação contratual , o fornecedor pode ser chamado de contratado.2 - O fornecedor pode ser, por exemplo,o produtor, o distribuidor, o importador, o montador, ou a organização prestadora de serviço.3 - O fornecedor pode ser interno ou externo à organização. Entidade, interna ou externa à organização,provedora de um produto ou serviço a um cliente, que também pode ser interno ou externo à organização.

Fotogrametria - Com a utilização de aparelhos e métodos estereoscópicos, refere-se a técnica de elaborar mapas a partir de fotografias aéreas.

FOUR "O's": Veja Quatro "O's". Conceito de marketing que considera: objetos de compra, objetivos de compras, organização para compra, operações da organização de compra.

FOUR "P's": McCarthy popularizou uma classificação das ferramentas de marketing, que em seu conjunto compõe o composto de marketing, chamada quatro P's: Produto, Preço, Praça (ponto de distribuição) e promoção.

FRACTIS- números que particionam os dados em partes aproximadamente de mesmo tamanho.

FRANCHISE: Empreendedor que adere ao sistema de franchising, emprenhando-se para administrar seu ponto-de-venda de acordo com a filosofia do franqueador. Pessoa ou sociedade que por meio de contrato, ou não, passa a integrar uma rede de franquias, assumindo obrigações e direitos, e identificando-se com a empresa franqueadora e sua marca.

FRANCHISING - Método de comercialização de produtos ou serviços no qual o franqueado obtém o direito de uso de uma marca e opera de acordo com um padrão de qualidade estabelecido pelo franqueador em troca de um pagamento de um determinado valor.

FRANCHISING DE DISTRIBUIÇÃO: Sistema que tem como alvo a distribuição de um ou mais produtos.

FRANCHISING DE PRODUÇÃO: O franqueador é uma indústria que vende seus produtos por meio de uma rede de franqueados; O sistema abrange a produção e a venda de um determinado bem. O franqueador consiste numa empresa industrial que se vale dos franqueados para distribuir o que produz. Muitas firmas da área de moda utilizam esta modalidade.

FRANCHISING DE SERVIÇO: O que se vende não é exatamente um produto, mas uma série de serviços. O sistema objetiva o fornecimento de serviço. Neste caso, o franqueador é uma organização que cede um pacote de serviços e a experiência adquirida na prestação dos mesmos. Esta forma de franchising envolve principalmente as empresas que operam no campo de aluguel, de fast - food e restaurantes.

FRANCHISING INDUSTRIAL: Duas empresas industriais tornam-se parceiras para produzir e vender um produto.

FRANCHISING: Uma associação contratual entre um fabricante, atacadista ou organização de prestação de serviços e os franchisees (independentes que compram o direito de possuir e operar uma ou mais unidades do sistema).

FRANCHISOR: Veja Franqueador. 1. Empresa que estabeleceu uma forma comercial ( know- how) e a cede para outros junto com sua marca e sua imagem corporativa, o que distingue seu sistema dos outros, tornando-o único. Esta concessão ocorre mediante o pagamento de uma determinada quantia. 2. Empreendedor que elaborou um formato comercial e cede a outros, junto com a marca e a imagem por intermédio do pagamento de determinada taxa.

FRANQUEADO: Veja Franchise. Empreendedor que adere ao sistema de franchising, empenhado-se para administrar seu ponto- de- venda de acordo com a filosofia do franqueador. Pessoa ou sociedade que, por meio de contrato, ou não, passa a integrar uma rede de franquias, assumindo obrigações e direitos, e identificando-se com a empresa franqueadora e sua marca.

FRANQUEADOR: 1. Empresa que estabeleceu uma forma comercial ( khow- how) e a cede para outros junto com sua marca e sua imagem corporativa, o que distingue seu sistema dos outros, tornando-o único. Esta concessão ocorre mediante o pagamento de uma determinada quantia. 2. Empreendedor que elaborou um formato comercial e o cede a outros, junto com a marca e a imagem, por intermédio do pagamento de determinada taxa.

FRANQUIA COMBINADA: Um ou mais franqueadores instalam seus negócios no mesmo ponto, com um ou mais franqueados, a fim de fortalecer seus negócios por meio da união das marcas fortes.

FRANQUIA MASTER: O franqueador pode subfranquear o negócio numa determinada região, o que acelera a expansão das redes e reduz seu custo de administração. A mobilidade é mais adequada a setores que protejam um número significativo de unidades (acima de 1.000), mas tem como inconveniente o menor controle sobre a rede.

FRANQUIA: 1.Privilégio,concessão. Licença especial concedida pelo governo ou por uma empresa de negócios para o desenvolvimento de atividades que lhes são privativas. 2. Sistema vertical de marketing contratual no qual um membro do canal, chamado franqueador, concentra em si vários estágios do processo de produção- distribuição. 3. Tipo de acordo de licenciamento no qual uma empresa vende um pacote contendo marca registrada, equipamento, materiais e diretrizes para a administração.

FREELANCER: 1. Trabalhador avulso, sem vínculo empregatício com a empresa que contratou seus serviços. 2. Pessoa que trabalha por tarefa, avulso, sem vínculo empresarial permanente.

FREE-SHOP: Tipo de loja localizada em lugar de transito internacional que é isenta de diversas taxas na comercialização dos seus produtos.

FREQÜÊNCIA ACUMULADA- Soma das freqüências de uma classe e de todas as classes que a precedem.

Freqüência esperada- Freqüência teórica para uma célula de uma tabela de contingência ou tabela multinomial.

FREQÜENCIA MÉDIA: Número médio de vezes em que as pessoas são potencialmente atingidas por uma propagação de média dentro de um determinado tempo.

FREQÜÊNCIA OBSERVADA- Contagem efetiva registrada em um célula de uma tabela de contingência ou tabela multinomial.

Freqüência relativa- Freqüência de uma classe, dividida pela freqüência total.

FREQÜENCIA: 1. Número de vezes (inserções) que uma peça de comunicação é colocada frente ao público-alvo. 2. Número médio de vezes em que as pessoas no mercado-alvo é exposta a uma mensagem de propaganda durante dado período de tempo.

Fronteira de classe- Valor obtido em uma distribuição de freqüências aumentando-se os limites superiores de classe e diminuindo-se os limites inferiores de classe da mesma quantidade, de forma que não haja lacunas entre classes consecutivas.

FRONT-LIGHT: Luminosos com a iluminação projetada na frente da tela. Oposto ao back light.

FTA (FAULT TREE ANALYSIS) - Análise de Árvore de Falhas -Método sistemático e padronizado para correlacionar um determinado evento (efeito ou eventualmente uma falha) com suas possíveis causas, a fim de tomar ações preventivas.

FULFILLMENT: Todas as atividades desenvolvidas em marketing direto, após a impressão das malas diretas/emissão das etiquetas ou veiculação de anúncio/comerciais. Da resposta direta: refere-se também a todo o processo deflagrado ao receber um pedido de compra do consumidor. Pode ser também um pedido de visita ou solicitação de informação.

FULL TIME: Tempo integral.

FUNÇÃO IUNFORMAÇÃO DE MERCADO: Formada pela coleta, análise de distribuição da todas as informações necessárias para planejar, implementar e controlar as atividades de marketing.

FUNÇÃO MERCADOLÓGICA: Atividades do marketing utilizadas na comercialização de bens e serviços.

FUNCIONÁRIO - Pessoa física que,pela prática de ações e/ou decisões,exerce função específica de caráter não-eventual,no processo de uma organização dependente dele, remunerado mediante salário.

FUNDO DE COMÉRCIO: Negócio que incorpora bens tangíveis e intangíveis como estoques, prédios, imagem, patentes etc.

FUNDO PERDIDO: Recursos que são utilizados sem expectativa de retorno.

 

Fontes: Ministério da Saúde - Secretaria Executiva - Subsecretaria de Assuntos Administrativos - Vocabulário da Saúde - em Qualidade e Melhoria da Gestão. IAPMEI - Merkatus - Powerminas