Dicionário de Marketing - Verbetes com a letra L

LABEL: Rótulo.

LAST-IN FORST-OUT: Veja UEPS. Processo de valorizar os estoques. Essa valorização é feita considerando que o último a entrar é o primeiro a sair.

LAYOUT: 1. Esboço artístico mostrando a posição relativa das ilustrações, títulos e texto de uma peça promocional ou de resposta direta. 2. Projeto de anúncio, rascunho bem acabado que permite uma visão exata do que vai ser o anúncio. Divisão do espaço dentro do ponto de venda.

LEALDADE: Ser leal é ser confiável, é não trair aquele que confia e conta com você. É ser confiável e leal a determinada marca, seu produto e organização. A lealdade, na atual mudança de século, em virtudes da globalização, tem sido muito difícil de se alcançar, exigindo que as empresas repensem sua estratégia de marketing.

Leasing - Operação financeira entre uma empresa proprietária de determinados bens (máquina, carro, etc.) e uma pessoa jurídica, que usufrui desses bens contra o pagamento de prestações. A grande vantagem do leasing é a não imobilização de capital, sobretudo nos casos em que o valor do bem é muito alto e que terá utilização limitada.

LEI DA ACELERAÇÃO : Os programas bem-sucedidos não se baseiam em "coqueluches". Baseiam-se em tendências.

LEI DA CATEGORIA : Se não puder ser o primeiro em uma categoria, estabeleça uma nova categoria em que seja o primeiro.

LEI DA DIVISÃO : Com o tempo, a categoria se divide e se transforma em duas ou mais categorias.

LEI DA DUALIDADE : Com o passar do tempo, todo mercado transforma-se em uma corrida com dois concorrentes.

LEI DA ESCADA : A estratégia a adotar depende do degrau ocupado na escada.

LEI DA EXCLUSIVIDADE : Duas empresas não podem representar a mesma palavra na mente.

LEI DA EXTENSÃO DE LINHA : Há uma pressão irresistível para estender o patrimônio líquido da marca.

LEI DA IMPREVISIBILIDADE : Sem prever os planos do concorrente, é impossível prever o futuro.

LEI DA LIDERANÇA : É melhor ser o primeiro do que ser o melhor.

LEI DA MENTE : É melhor ser o primeiro na mente do que o primeiro no mercado.

LEI DA PERCEPÇÃO : O marketing não é uma batalha de produtos, é uma batalha de percepção.

LEI DA PERSPECTIVA : Os efeitos do marketing ocorrem por um período prolongado.

LEI DA SINCERIDADE : Quando admitimos um negativo, o cliente em perspectiva nos dá um positivo.

LEI DA SINGULARIDADE : Em cada situação, apenas um único movimento produz resultados substanciais.

LEI DE ATRIBUTOS : Para cada atributo, há um atributo oposto, igualmente eficaz.

LEI DE MOORE- Denominada segundo Gordon Moore, executivo principal da Intel, que observou que, a cada ano e meio, dobra a quantidade de transistores contidos em uma única polegada quadrada de silício.

LEI DE RECURSOS : A idéia que não tiver fundos suficientes não decolará.

LEI DO ALARDE : Com freqüência, a situação é o oposto da maneira como aparece na imprensa.

LEI DO FOCO : Em marketing, o mais poderoso conceito é representar uma palavra na mente.

LEI DO FRACASSO : O fracasso deve ser esperado e aceito.

LEI DO OPOSTO : A estratégia de quem está almejando o segundo lugar é determinada pelo líder.

LEI DO SACRIFÍCIO : A fim de conseguir alguma coisa é preciso desistir de alguma coisa.

LEI DO SUCESSO : Com freqüência, o sucesso leva à arrogância e a arrogância ao fracasso.

LEITOR PRIMÁRIO: Leitor cujo o interesse pela leitura de um anúncio é suficiente para motivar sua compra.

LEITOR SECUNDÁRIO: Leitor cujo o interesse pela leitura de um anúncio não é suficientemente grande para motivar sua compra.

LEITOR: Pessoa que lê com freqüência, determinada publicação.

LEITORES ADICIONAIS: O conjunto de leitores de um meio que não são compradores nem assinantes do mesmo.

LEMBRANÇA ESPONTÂNEA: Lembrança que o entrevistado obtém de uma marca, produto ou serviço sem a utilização de nenhum estímulo.

LEMBRANÇA ESTIMULADA/INDUZIDA: Lembrança de marca, produto ou serviço obtida a partir da utilização de um estímulo que pode ser um cartão ou foto do qual constam todas as marcas, produtos ou serviços pesquisados.

LEMBRANÇA: 1. Recall. 2. Intensidade de memorização de um anúncio. 3. Avaliação por técnicas especiais, da intensidade e de como um anúncio ou comercial foi memorizado pelas pessoas que o leram, ouviram ou assistiram.

LEVANTAMENTO: Coleta de dados primários por meio de perguntas sobre atitudes, preferenciais e comportamento de compra das pessoas; utiliza-se o questionário como instrumento de coleta de dados.

LÍDER DE MERCADO: Empresa em um ramo de negócios com maior participação de mercado; usualmente, lidera outras empresas em alterações de preços, introdução de novos produtos, cobertura de distribuição e gastos com promoção.

LÍDER DE PREÇO: Empresa que serve de parâmetro para as outras no tocante a sua política de preços. Em inglês price leader.

LIDERANÇA - Um dos sete critérios do modelo de gestão pela excelência. Considera o grau de envolvimento pessoal da alta administração nos projetos da organização, especialmente naqueles de importância estratégica. Identifica como a influência e autoridade do dirigente é utilizada para:- estimular os projetos estratégicos;- obter a integração entre os valores internos e as necessidades das partes interessadas das atividades da organização(clientes, governo,trabalhadores, fornecedores,parceiros, etc.); - incentivar atitudes de iniciativa,criatividade, participação e aprendizado contínuo da força de trabalho,além de favorecer a buscado crescimento pessoal em consonância com o crescimento organizacional;- disseminar internamente valores, além de aspectos referentes às definições estratégicas,como a missão institucional, sua visão de futuro,políticas e diretrizes organizacionais.

LIDERANÇA DE PREÇO: Política de apreçamento em que uma empresa procura estabelecer o preço para todos os concorrentes do mesmo ramo da indústria.

LÍDERES DE OPINIÃO: Pessoas dentro de um grupo de referência que exercem influência sobre outros devido a suas habilidades especiais, conhecimento, personalidade, ou outras características.

LIGHT USER: Quem consome produtos com pouca freqüência e/ou quantidade.

LIGHT VIEWER: Telespectador não assíduo ou menos freqüente; telespectador esporádico.

LIMITE DE CONTROLE- Fronteira usada em um gráfico de controle para identificar pontos raros.

LIMITE INFERIOR DE CONTROLE- fronteira usada em um gráfico de controle para separar pontos excepcionalmente baixos.

LIMITE SUPERIOR DE CONTROLE- Fronteira usada em um gráfico de controle para separar pontos excepcionalmente altos.

LIMITES DE UM INTERVALO DE CONFIANÇA- dois números usados como fronteiras superior e inferior de um intervalo de confiança.

LIMITES INFERIORES DE CLASSE- O menor número que pode efetivamente pertencer a diferentes classes em uma tabela de freqüência.

Limites superiores de classe- Os maiores números que podem pertencer a diferentes classes em uma tabela de freqüência. Linguagem Estruturada de Consulta - (STRUCTURED QUERY LANGUAGE - SQL) - Linguagem de banco de dados estruturada, que permite ao usuário fazer consultas, formuladas de maneira semelhante à da linguagem falada, permitindo ver os dados de diferentes formas.

Linha de centro- Linha usada em um gráfico de controle para representar um valor central das medidas características.

LINHA DE PRODUTO: Grupo de produtos que são intimamente relacionados porque funcionam de maneira similar, são vendidos para os mesmos grupos de consumidores, são colocados no mercado através dos mesmos tipos de ponto de venda ou estão dentro do mesmo nível de preço.

LINK: 1. Conexão, ligação, linkagem.2. Ligação, associação. A palavra link passou a ser largamente utilizada pela Internet e significa ligar texto, símbolo, imagem etc. a um outro local. A Internet é toda formada de links e hiperlinks. Pela popularidade do termo, apalavra link incorporou-se no dia-a-dia de nosso vocabulário, e é usada hoje quando se quer dizer que uma coisa se relaciona à outra.

LIST PRICE: Veja Preço de lista. Preço total cotado para um cliente potencial e geralmente recomendado pelo fabricante.

LISTA DE VERIFICAÇÃO - Documento que relaciona quesitos a serem verificados.

LOBBY: Indivíduo ou grupo que surge quando um segmento da sociedade, representando um consenso da maioria de seus componentes, leva ao legislador as informações, aspirações e reivindicações desta classe, tentando ocasionalmente influenciar a aprovação, modificação ou veto de uma lei; com base nessas manifestações, o legislativo toma as decisões. Veja também Grupo de pressão. União de líderes de uma comunidade ou de uma organização que tem objetivos comuns. Utiliza a força desta união para exercer influência sobre outro grupo, tentando induzi-lo a mudar de atitude. Usa-se também a expressão lobby. Segmentos da sociedade que agem politicamente em favor de seus interesses.

LOBBYING: Atividade de influência e pressão política junto ao poder executivo.

Logística - Atividades da administração de Empresas responsáveis pelo planejamento, operação e controle de todo fluxo de mercadorias e informações, desde a fonte fornecedora até o consumidor.

LOGOMARCA - Símbolo Gráfico identificador de uma empresa ou marca, quando composta do símbolo em si mais o logotipo.

LOGOTIPO - Letras utilizadas para compor o nome de marca ou empresa.

LOJA DE COMPRA COMPARADA: Loja de produtos denominados de compra comparada porque o cliente, antes de adquirir o bem, compara os diversos preços e serviços oferecidos.

LOJA DE CONVENIÊNCIA: Pequena loja, localizada próxima a uma área residencial, aberta durante muitas horas, sete dias por semana, que oferece uma linha limitada de produtos de conveniência de alto giro.

LOJA DE DEPARTAMENTOS: Organização varejista que oferece ampla variedade de linhas de produtos - roupas, móveis e produtos para o lar; cada linha é operada como um departamento separado, gerenciado por especialistas ou profissionais de marketing.

LOJA DE DESCONTO: Instituição varejista que vende mercadorias-padrão por preços menores aceitando margens mais baixas e vendendo maiores volumes. Tem como objetivo facilitar o escoamento de pontas de estoque. Exemplo: Promocenter, Multishop.

LOJA DE ESPECIALIDADE: Loja de varejo que oferece uma linha limitada de produtos com um amplo sortimento dentro desta linha.

LOJA VIRTUAL: Loja que está no cyberspace, ou seja, não existe no mundo real. Seu alcance via Internet é mundial e com possibilidades de interagir, conhecer e atender seu consumidor de maneira totalmente individualizada, utilizando-se de um meio de massa. Ë também considerada loja virtual qualquer uma que tenha acesso remoto, como BBS, CD- ROOM com linha dedicada ou outros.

LOJAS DE FABRICANTES: Varejistas que compram por preços inferiores ao valor de venda normal dos atacadistas e vendem por preços inferiores ao normal do varejo, geralmente oferendo uma coleção instável, em constante mudança, de mercadoria de melhor qualidade, freqüentemente produtos excedentes, sobras e irregularidades obtidos dos fabricantes por preços reduzidos. Incluem distribuidores de fábrica, distribuidores independentes e clubes de armazéns.

LOJAS DE FÁBRICAS: Operações de lojas de fabricantes pertencentes e operadas pelos fabricantes e que normalmente oferecem seus excessos de produção e produtos descontinuados ou irregulares.

LOTE - Quantidade definida de itens de um só tipo e de mesmas características, proveniente de uma única origem.

LTV- Valor vitalício.

LUCRO BRUTO: Resultado que resta ao comerciante entre o valor que ele pagou na compra e por quanto ele vendeu. Neste cálculo de subtração não entra as despesas que ocorrem entre estas duas operações.

LUCRO LÍQUIDO: Resultado que resta ao comerciante entre o valor que ele pagou na compra, mais todas as despesas que ele teve até a efetiva venda daquele bem.

LUCROS TRANSPARENTES: Todos os lucros sobre os quais o investidor tem direito de propriedade.

Fontes: Ministério da Saúde - Secretaria Executiva - Subsecretaria de Assuntos Administrativos - Vocabulário da Saúde - em Qualidade e Melhoria da Gestão. IAPMEI - Merkatus - Powerminas