Dicionário de Marketing - Verbetes com a letra Q

QFD (QUALITY FUNCTION DEVELOPMENT) - Desdobramento da Função Qualidade – o método QFD visa a aperfeiçoar e desenvolver novos produtos e auxiliar na restruturação do sistema de qualidade da organização. Mediante o QFD, equipes multidisciplinares, envolvendo especialistas em marketing, pesquisa & desenvolvimento, engenharia de produto, projeto de processo, produção e qualidade, traduzem e transmitem as exigências dos clientes para os diversos setores da organização. O sistema de tradução e transmissão das exigências dos clientes em requisitos técnicos apropriados, em cada estágio do processo, as atividades a serem desempenhadas na fase que antecede à produção, gerando grandes benefícios. Os principais benefícios do QFD são: redução considerável no tempo para desenvolvimento; virtual eliminação de mudanças tardias de engenharia; diminuição dos custos do projeto e maior possibilidade de atendimento dos desejos dos clientes.

QM (erro)- Quadro médio para o erro; usado em análise da variância.

QM (total)- Quadro médio para a variação total; usado em análise da variância.

QM (tratamento)- Quadro médio para tratamentos; usado em análise da variância.

QQP- Produto de alta qualidade, serviço de alta qualidade e preço justo. Necessários, porém não suficientes para conquistar participação nos negócios do cliente e valor vitalício. Ver também Igualdade de qualidade.

QUALIDADE - Totalidade das características de uma entidade que lhe confere a capacidade de satisfazer às necessidades explícitas ou implícitas do cliente. Notas: 1 - Numa situação contratual ou numa área regulamentada, tal como na área de segurança nuclear, as necessidades são especificadas, enquanto em outras áreas as necessidades implícitas devem ser identificadas e definidas. 2 - Em muitos casos, as necessidades podem mudar no decorrer do tempo, o que implica em análises críticas periódicas dos requisitos da qualidade. 3 - As necessidades são traduzidas normalmente em características com critérios especificados (requisitos para a qualidade). As necessidades podem incluir, por exemplo, aspectos de desempenho, facilidade de uso, dependabilidade (disponibilidade, confiabilidade, mantenabilidade), segurança, meio ambiente (requisitos da sociedade), aspectos econômicos e estéticos. 4 - O termo qualidade não deve ser usado isoladamente para exprimir um grau de excelência no sentido comparativo e nem em avaliações técnicas no sentido quantitativo. Para exprimir esses dois significados, deve ser usado um adjetivo qualificativo. Podem ser servidores, por exemplo, os seguintes termos: a) qualidade relativa, quando as entidades são classificadas em função do seu grau de excelência, ou no sentido comparativo (não deve ser confundido com classe); b) nível de qualidade, no sentido quantitativo (como é servidor na aceitação por amostragem) e medida de qualidade, quando são efetuadas avaliações técnicas precisas. 5 - A obtenção da qualidade satisfatória envolve as fases do ciclo da qualidade como um todo. As contribuições à qualidade dessas várias fases são, às vezes, identificadas separadamente, para melhor distinção, como, por exemplo, a qualidade devido ao projeto do produto, qualidade devido à conformidade, qualidade devido à assistência ao produto ao longo do seu ciclo de vida. 6 - Em algumas referências, a qualidade é definida como satisfação do cliente ou conformidade aos requisitos. Essas definições representam apenas certos aspectos da qualidade, como foi definida acima.

Qualidade de Dados - É o grau de precisão apresentado pelos dados ao se analisar aspectos como, fonte, escala, atualização,...

QUALIDADE INTRÍNSECA - No contexto da qualidade total, são as características técnicas asseguradas ao produto ou serviço, que conferem sua habilidade de satisfazer às necessidades do cliente.

QUALIDADE PERCEBIDA: Abrange Produtos, Serviços de Atendimento e Serviços Evocativos. Compõe-se de Atributos, aos quais o Cliente confere uma certa importância relativa e que satisfazem certas necessidades ou expectativas.

QUALIDADE TOTAL - Abrange as cinco dimensões da qualidade, que afetam a satisfação das necessidades das pessoas: 1 - qualidade intrínseca do produto ou serviço; 2 - custo (preço); 3 - entrega/atendimento (prazo certo, local certo, quantidade certa); 4 - moral – nível médio de satisfação de um grupo de pessoas; 5 - segurança do usuário e das pessoas da organização.

QUALIDADE: Propriedade, atributo ou condição das coisas ou das pessoas capazes de distingui-las das outras e lhes determinar a natureza.

QUALIFICAÇÃO - Reconhecimento dado a uma organização após ter sido demonstrado que ela é capaz de atender aos requisitos estabelecidos da qualidade.

QUALIFICAÇÃO DE LEADS: Interação com clientes potenciais para determinar seu nível de interesse, bem como sua necessidade ou sua capacidade de comprar um produto ou serviço.

QUALIFICAÇÃO DE PROSPECTS: Veja Qualificação de leads.

QUALIFICADO - Designação do estado de uma entidade que demonstra a capacidade de atender os requisitos especificados.

QUALITATIVA: Veja Pesquisa qualitativa. 1. Técnica que visa conhecer o estilo de vida, o comportamento, perfil e opiniões dos entrevistados. As técnicas mais difundidas são: discussão em grupo e entrevistas em profundidade. 2. Tipo de pesquisa realizada para aferir aspectos qualitativos de alguma questão, como percepção de imagens, atitudes diante de marcas e veículos, motivações etc.

QUALITATIVE: Veja Pesquisa qualitativa. 1. Técnica que visa conhecer o estilo de vida, o comportamento, perfil e opiniões dos entrevistados. As técnicas mais difundidas são: discussão em grupo e entrevistas em profundidade. 2. Tipo de pesquisa realizada para aferir aspectos qualitativos de alguma questão, como percepção de imagens, atitudes diante de marcas e veículos, motivações etc.

QUALITY CONTROL: Veja Controle de qualidade. Processo de análise da qualidade, que utiliza padrões estabelecidos, realizado após a produção com a finalidade de evitar que produtos não conformes sejam enviados aos clientes. Tem por funções elaborar padrões para medir a excelência, comparar o realizado com esses padrões e tomar medidas corretivas, caso haja diferenças, bem como esses padrões e cretizar a estrutura necessária para realizar tais funções. Difere da simples inspeção, que apenas descarta as peças defeituosas. Originalmente, aplicava-se unicamente ao controle de produtos fabricados, mas hoje se estende a todos os processos operacionais instruídas, ou de doentes em curadas.

QUANTIFY: Quantitativo.

QUANTITATIVA: Veja Pesquisa quantitativa. Feita com questionários pré- elaborados que admitem respostas alternativas e cujos resultados são apresentados de modo numérico, permitindo uma avaliação quantitativa dos dados.

QUARTEIRIZAÇÃO: Caminho natural para as empresas que terceirizam seus serviços, ou seja, empresas contratam empresas que administram os serviços de terceirização.

QUARTIL MÉDIO- Semi - soma do primeiro e do quartis.

QUARTIL: Qualquer valor que divide a área de uma distribuição de freqüência em múltiplos inteiros de um quarto de área total. Assim, o valor que é chamado de quartil 1 (Q1) divide a distribuição em 25%- 75%, isto é, 25% dos valores ficam a esquerda do Q1e 75% à direita; Q2 coincide com a mediana- 50% dos valores à esquerda e 50% dos valores à direita; e que três freqüências em 75% dos valores à esquerda e 25% à direita.

QUARTIS- Os três valores que dividem dados ordenados em quatro grupos com aproximadamente 25% dos valores em cada grupo.

QUATRO "C's": Cross Cultural Consumer Characteristics ( Características culturais comparadas de consumidores). Método para dividir os mercados globais, desenvolvidos pela Young e Rubicam, usando um algoritmo que combina o perfil socioeconômico do consumidor com resposta a 22 tipos de estilos de vida. Considera : cliente, conveniência, custo e comunicação.

QUATRO "M's": Termômetro para um orçamento por objetivo de um planejamento de marketing industrial: market, message, media, medide. O market estabelece o mercado, a localização, pessoas, recursos, desejos etc. Message, a mensagem transmitida para o mercado. Media determina os veículos adequados. Medide é a medição que precisa aferir e saber a quantidade a ser investida no programa.

QUATRO "O's": Conceito de marketing que considera: objetos de compra, objetivos de compra, organização para compra, operações da organização de compra.

QUATRO "P's": McCarty popularizou uma classificação das ferramentas de marketing, que em seu conjunto compõe o composto de marketing, chamada quatro P's: Produto, Preço, Praça (pontos de distribuição) e promoção.

QUATRO "S's": Júlio César Tavares Moreira, tendo em vista a satisfação do cliente desenvolveu uma classificação do composto de marketing chamada teoria quatro S's; Soluções, Serviço, Seriedade e Sinceridade.

QUESTÃO TENDENCIOSA (leading question) - Tipo de pergunta feita de maneira a que o inquirido suponha que se sugere uma certa resposta.

QUESTIONÁRIO PILOTO: Questionário em que o entrevistador anota instruções recebidas durante treinamento dado para a realização da pesquisa. Serve como guia de procedimentos antes ou durante a coleta de dados no campo.

QUESTIONÁRIO: Formulário impresso, usado por entrevistadores, que contém perguntas na ordem em que devem ser feitas, com espaços para anotações das respostas.

QUESTÕES ABERTAS: Questões que permitem aos entrevistados responderem com suas próprias palavras.

QUESTÕES FECHADAS: Questões que incluem todas as respostas possíveis e permitem aos entrevistados escolher apenas entre estas.

QUINTIL: Qualquer valor que divide o universo pesquisado em cinco partes, conforme critérios estabelecidos. Em mídia, a divisão da distribuição de freqüências em quantis é utilizada para dividir a audiência em cinco grupos, que vão desde o mais freqüente ao menos freqüente em seu interesse pelo programa ou publicação, ou na utilização de um produto ou serviço.

Quota de Vendas - Meta de vendas para uma linha de produtos, divisão da Empresa ou para um vendedor. Trata-se, principalmente, de um dispositivo gerencial para definir e estimular o esforço de vendas.

QUOTA DE VENDAS: Meta de vendas para uma linha de produto, divisão da empresa ou agente da empresa. É, em primeiro lugar, um mercado administrativo para definir e estimular o esforço de vendas.

QUOTA: 1. Objetivo numérico de vendas. Parte proporcional de co-patrocínio. 2. Quantidade dos requisitos ou características preestabelecidas que irão compor a amostra.

 

Fontes: Ministério da Saúde - Secretaria Executiva - Subsecretaria de Assuntos Administrativos - Vocabulário da Saúde - em Qualidade e Melhoria da Gestão. IAPMEI - Merkatus - Powerminas